Zé Roberto quer Natália para reforçar o Hinode/GRBarueri em 2018

1204
- Publicidade -

Campeã olímpica em Londres-2012, atualmente no Fenerbahçe da Turquia, Natália está na mira para a disputa da Superliga 2018

campeas
A campeãs: Vivi Góes, Rosane, Sara, Moara, Michelle Daldegan, Dani Terra, Suelle, Anna Jú, Paula Barros, Tai Santos, Ariele, Fê Ísis, Ana Cristina e Érika

Terminada a campanha vitoriosa na Superliga B, o técnico José Roberto Guimarães já projeta o time para a disputa da primeira divisão do vôlei nacional em 2018. E a atleta preferida do treinador para reforçar a equipe é a ponteira passadora Natália, que atualmente defende o Fenerbahçe da Turquia, pelo qual está na final do campeonato local contra o Galatassaray.

O calendário internacional de vôlei prevê a disputa dos campeonatos entre seleções no período compreendido entre maio e setembro. É durante essa época que as equipes negociam com as atletas para composição dos times que disputaram a temporada de clubes, a partir de novembro até meados do ano seguinte.

Segundo o jornalista Bruno Voloch, especialista em vôlei, em sua coluna no site Estadão, o tricampeão olímpico aguarda a definição da diretoria da Hinode, patrocinadora da equipe, quanto ao orçamento da próxima temporada para iniciar tratativas para reforçar a equipe que disputara a série A da Superliga em 2018.

Na temporada que se encerrou com títulos invictos da Taça da Prata e da Superliga B, com 11 vitórias em onze jogos o técnico contou com levantadora Ana Cristina, as ponteiras Érika e Suelle, as centrais Fê Ísis e Vivi Góes, a oposta Sara e a líbero Dani Terra, com titulares. E ainda com a levantadora Rosane, a líbero Michelle Daldegan, as ponteiras Ariele, Tai Santos e Moara, e as centrais Paula Barros e Anna Jú.

ze-roberto-enatalia-alexandre-arruda-cbv-30042014-292
Natália e Zé Roberto em treino da seleção

E expectativa é que para o próximo ano o time seja reforçado, já que o nível da Superliga A é superior, e Natália aparece como um provável nome para fortalecer a equipe. A ponteira é uma atleta admirada pelo treinador, com quem trabalha na seleção adulta desde 2007, quando tinha apenas 18 anos e foi convocada pela primeira vez. Desde então Natália conquistou com Zé Roberto vários títulos, entre eles os Jogos Olímpicos de 2012, o Grand Prix em 2009 e 2016, a Copa do Campeões em 2013 e 2015. Ainda foi campeã sul-americana de clubes quatro vezes, por Vôlei Nestlé/Osasco (2009/10) e Rexona/Rio de Janeiro (2015/16).

 

 

- Publicidade -