Zé Roberto cria polêmica ao tirar time do Barueri de quadra

380
- Publicidade -

Treinador mandou jogadoras abandonarem partida contra Dentil Praia alegando série de erros de arbitragem

Técnico Zé Roberto manda as jogadores deixarem a quadra após cartão vermelho para Nyeme

O assunto mais comentado no vôlei brasileiro esta semana foi a decisão do técnico José Roberto Guimarães, do Barueri/São Paulo, de tirar o time da quadra durante a partida contra o Dentil Praia, disputado na terça-feira, 21/1, em Uberlândia. Zé Roberto tomou a decisão inconformado com o que considerou uma série de erros da arbitragem.

As duas equipes faziam um jogo equilibrado que valia uma vaga na semifinal da Copa Brasil. Durante a partida, o técnico do Barueri reclamou de diversas decisões dos árbitros que, a seu ver, estavam prejudicando sua equipe.

Até que, quando o jogo estava 2 a 1 e empatado em 27 a 27 no quarto set, o juiz central deu cartão vermelho para a líbero Nyeme por reclamação. O cartão vermelho dá um ponto para a equipe adversária.

Em protesto, José Roberto decidiu tirar as jogadoras da quadra. O Praia foi para o saque mas o outro lado da rede estava vazio. Por sua atitude, o próprio treinador tomou outro vermelho, o que deixou o placar em 29 a 27 para o time da casa, encerrando a partida em 3 a 1. Com isso, o Barueri acabou eliminado.

A Copa Brasil é uma competição curta disputada em sistema de mata-mata pelos oito times mais bem colocados do primeiro turno da Superliga Feminina.

O Barueri volta a quadra pela Superliga nesta sexta-feira, 24/1, às 19h30. Apesar de ter o mando do jogo, o time vai atuar no ginásio do São Paulo FC, no Morumbi, na capital. O adversário será o Flamengo. Atualmente o Barueri está em oitavo lugar da competição, com 15 pontos. Classificam-se para a segunda fase da competição os oito primeiros classificados.

 

- Publicidade -