Vacina do sarampo é liberada para bebês a partir de seis meses

912

Imunização está disponível nas 18 UBSs da cidade. Dose extra não descarta a necessidade da aplicação aos 12 e 15 meses de vida

A prefeitura de Barueri anunciou nesta segunda-feira, 5/8, que a vacina do sarampo está disponível também para bebês a partir de seis meses. A dose extra é oferecida nas 18 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e não descarta a necessidade da aplicação aos 12 e 15 meses de vida, conforme o calendário nacional de vacinação.

A autorização da imunização das crianças dos seis aos 11 meses em Barueri foi feita pela Secretaria de Saúde Estadual, atendendo ao pedido da Coordenadoria de Vigilância em Saúde municipal, já que o município tem 2.859 crianças nessa faixa etária. A medida já havia sido instituída na cidade de São Paulo, no dia 25 do mês passado.

A liberação ocorre após a divulgação da reportagem do Barueri na Rede, na semana passada, sobre um caso de sarampo que foi confirmado na maternal da Vila São Jorge. Para conter um possível surto na unidade, a Vigilância em Saúde vacinou toda a escola na última sexta-feira, 2/8 (saiba mais).

Além dessa dose que foi liberada, dos seis aos 11 meses, o Ministério da Saúde reforça que a criança deve tomar a primeira dose da tríplice viral (que protege contra sarampo, caxumba e rubéola) aos 12 meses e a segunda aos 15 meses.

A vacina está disponível em todas as UBSs da cidade (confira aqui). De acordo com a administração municipal, 24.579 pessoas foram imunizadas até o dia 1º/8.

A campanha, para vacinar jovens de 15 a 29 anos, continua e, quem estiver nessa faixa etária, deve se imunizar independente de ter tomado todas as doses na infância. Pessoas fora do público-alvo também devem procurar uma UBS, no caso de quem não está com a caderneta de vacinação em dia, quem não tem o documento, ou não tem comprovante do sarampo.

A prefeitura afirma que até esta segunda-feira, 5/8, Barueri tem 13 casos de sarampo confirmados, 179 casos notificados (sendo 94 de munícipes), 14 foram descartados e 67 estão sendo investigados.

ATUALIZAÇÃO: Repercussão após publicação da reportagem

Após a publicação desta reportagem, o BnR foi procurado por mães que estiveram na UBS da Vila Bos Vista, na manhã desta segunda-feira, para vacinar os filhos. Os relatos foram de que elas saíram da unidade sem conseguir imunizar os bebês, pois os funcionários da UBS afirmaram que a vacina do sarampo é aplicada apenas em crianças com 12 e 15 meses.

O BnR entrou em contato com a Secretaria de Saúde, que reforçou a informação de que a vacina está liberada para bebês a partir de 6 meses. A Vigilância Epidemiológica, que distribui as vacinas para as UBSs, afirmou que o que aconteceu no Boa Vista foi que a equipe de enfermagem não estava sabendo da liberação da vacina para os bebês. Porém, que agora, todos estão cientes e as mães podem retornar à unidade com os filhos para fazer a aplicação.