Sobre os motivos do encerramento do trabalho do BnR

6532
- Publicidade -

Sou um dos fundadores e editores do BnR. Quero dar meu depoimento pessoal

Décio Trujilo, jornalista de formação, 40 anos de profissão, editor chefe do Barueri na Rede

Primeiro, vocês não imaginam como é bom receber esses sinais de carinho e respeito que estamos recebendo. Muito obrigado, mesmo. Claro que no meio de mais de 200 comentários positivos até agora, vai haver meia dúzia de declarações maldosas. Faz parte da democracia e do direito de expressão.

A quem nos respeita, é importante dar um esclarecimento: não fomos ameaçados nem tentaram nos comprar. Seria ótimo se fizessem isso, daria uma linda manchete. Não nos ameaçaram nem corromperam porque sabem o que faríamos. Nosso problema é realmente financeiro.

Tínhamos uma equipe trabalhando conosco (muitas matérias foram assinadas por eles) e, em razão da crise que já se arrastava, agravada pela pandemia, já não temos como bancar esses compromissos. Salário é sagrado.

Parar não foi uma decisão fácil, pelo contrário, estamos todos muito tristes e o carinho de vocês ajuda a gente a enfrentar esse momento. Vocês confirmam que trabalhamos direito. Depois de nós, alguém virá ocupar o espaço, é natural.

Que possamos ajudar inspirando e servindo de exemplo de como é possível fazer jornalismo independente e voltado ao interesse do público.

Valeu.

- Publicidade -