Sindicato dos Ferroviários adia greve na CPTM

785
- Publicidade -

Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira, 31/7, categoria decidiu esperar audiência de conciliação no TRT, dia 2/8

Em assembleia realizada no início da noite desta segunda-feira, 31/7, os sindicatos que representam os trabalhadores ferroviários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) decidiram adiar a paralisação que seria iniciada às 00h00 de terça-feira para a sexta-feira, 4/8. Participaram da decisão quatro sindicatos que representam a categoria.

Ficou decidido ainda que nova assembleia será realizada às 18 horas da quinta-feira, 3/8, quando serão analisados pelos trabalhadores os resultados da audiência de conciliação marcada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para quarta-feira, 2/8, às 15 horas.

O impasse entre a CPTM e os trabalhadores se refere ao aumento de 3,51% nos salários conquistados na greve de 2011. A Companhia recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho, que deu o direito a que não mais pagasse os valores desse reajuste.

O TRT propôs então que a redução do salário se desse de forma parcelada e que as perdas fossem recuperadas em 2018. Os trabalhadores aceitaram a proposta do tribunal e aguardam a CPTM aceitar a proposta na reunião de quarta-feira.

 

- Publicidade -