Sindicato de Empregados da Saúde notifica HMB por falta de EPIs

929
- Publicidade -

Entidade esteve no hospital na quarta-feira e constatou que faltam aventais, gorros para os pés e álcool

O Sindicato Único dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Osasco e Região (Suessor) notificou o Hospital Municipal de Barueri (HMB) na noite de quarta-feira, 1/4, por falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais na unidade.

De acordo com representantes do sindicato, que estiveram no local, faltam aventais de manga comprida permeáveis, gorros para os pés, álcool em gel e álcool 70% para limpeza e desinfectar aparelhos.

“Hoje o profissional está cuidando de um paciente com Covid-19, e amanhã ele que será cuidado porque o hospital não tem EPIs para proteção dos funcionários”, alegou Amilton Moura Rodrigues, primeiro secretário do sindicato.

Ao Barueri na Rede, Amilton revelou que as denúncias de profissionais do HMB ao sindicato sobre as condições de trabalho no local vinham acontecendo há pelo menos 15 dias e que após constatação dos problemas no hospital, foi feita uma notificação extrajudicial.

O BnR questionou a prefeitura sobre a situação no HMB. Em nota, o hospital disse que ‘não procede a informação de falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) na unidade’ e que está ‘seguindo rigorosamente todas as diretrizes do Ministério da Saúde para oferta dos EPIs aos profissionais que prestam assistência aos pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19’.

A nota afirma que para direcionar a utilização correta desses equipamentos, ‘o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) já realizou treinamentos e palestras para os funcionários’ e que a ‘equipe de hotelaria do hospital também tem reforçado o reabastecimento de sabonete líquido e álcool gel em todos os andares da unidade’ com o objetivo de diminuir o risco de contaminação para todos os colaboradores.

Mais uma vez Barueri desrespeitando os trabalhadores, hoje estivemos na unidade e podemos constatar a falta de matérias, trabalhadores estão a mercê da sorte assim que eles nos relataram. Amilton A Moura Rodrigues, Flávio Bezerra, Juarez Henrique, Luiz Claudio, Fernanda De Paula e Audrei Ravena Borges

Posted by Amilton A Moura Rodrigues on Wednesday, April 1, 2020

- Publicidade -