Segundo Furlan e Carlinhos, hoje não há oposição na câmara

1106

Em evento pelo aniversário da cidade, ambos disseram que vereadores estão todos do lado do prefeito

69bandeira
Coronel Marcelo da Cunha, Carlinhos e Furlan no hasteamento das bandeiras/Fotos: BnR

O prefeito Rubens Furlan e o presidente da câmara Carlinhos do Açougue consideram que hoje não há oposição à gestão municipal entre os vereadores. Os dois deixaram isso claro durante seus discursos na sessão solene que marcou o 69º aniversário de Barueri, na manhã desta segunda-feira, 26/3, no plenário da Câmara Municipal.

Ao falar durante a cerimônia, Carlinhos exaltou nominalmente um por um dos vereadores e afirmou que todos estão comprometidos em contribuir com a gestão de Furlan. “Hoje, nesta Casa, não tem oposição”, afirmou o presidente.

Falando em seguida, o prefeito reforçou que a câmara está toda fechada com ele. “Nesta cidade não tem oposição, todos os vereadores estão comigo nesta luta”, disse o prefeito, referindo-se a seu governo.

Durante o ano passado, alguns dos legisladores deram sinais de insatisfação com a gestão, especialmente entre os que exercem o mandato pela primeira vez. Isto teria sido pacificado, de acordo com as manifestações de Furlan e Carlinhos.

Crise política

Durante sua fala, Furlan fez um rápido resumo de seus primeiros 15 meses de governo e demonstrou otimismo para os próximos anos. Ele lembrou que uma lei que tiraria R$ 300 milhões de receita de Barueri por ano está momentaneamente sem efeito e que isso desafogará a gestão.

Furlan também enfatizou a importância da renovação da política nacional. “Só se resolve a crise que o país enfrenta enfrentando a crise da política”, afirmou. Mas mostrou ceticismo sobre o próximo presidente da República. “Às vezes eu penso, em quem eu vou votar, e não tenho resposta”, disse. “Mas espero que apareça um iluminado para conduzir o país”, concluiu.

Presenças e ausências

A deputada federal Bruna Furlan não participou da cerimônia. A justificativa foi a de que ela estava em Brasília, apesar de segunda-feira ser um dia em que os parlamentares não costumam estar na capital federal. Bruna já havia faltado à inauguração da estação da CPTM no Jardim Silveira, na semana passada, que teve a participação do governador Geraldo Alckmin.


Por outro lado, o deputado estadual Marco Vinholi compareceu aos dois eventos e discursou em ambos. Ele é filho do ex-prefeito de Catanduva e secretário de Governo de Barueri, Geraldo Vinholi. A aproximação das famílias Vinholi e Furlan faz parte da aliança que sustentará a dobradinha Bruna/Marco nas eleições de outubro.