São Silveira da crise tem final eletrizante

644
- Publicidade -

Altobelli Santos, da equipe olímpica nacional, vence por apenas quatro segundos de diferença

Altobelli Santos, da equipe olímpica brasileira e da ASA/São Bernardo, venceu na manhã deste domingo, 18/12, a categoria geral da 41ª Corrida de São Silveira, num final disputado passo a passo com Éderson Vilela, do Bradesco. A diferença entre os dois foi de apenas quatro segundos. No feminino, o time olímpico nacional também predominou, com a vitória de Juliana dos Santos (Pão de Açúcar), seguida de Tatiele Carvalho.

Este ano, a prova sofreu com a crise financeira do município. O número de participantes foi reduzido, não houve premiação para as categorias por faixa etária e a corrida não teve a tradicional de corredores estrangeiros convidados.

vencedores
Jennifer e Jefferson, campeões/Fotos: Mário Trujillo

Na categoria principal, em que disputam apenas atletas residentes em Barueri, a vitória entre os homens foi de Jefferson Assis de Souza que já tinha um vice-campeonato como melhor desempenho. “O desafio dessa prova é a subida do arsenal, tudo depende de como você chega no topo”, contou o campeão. “Eu treino muito em montanha e quando virei no quarto quilômetro, senti que poderia vencer.” Todos os cinco ocupantes do pódio eram do GRB. Em segundo ficou Antônio Fernando dos Santos, vencedor em 2015.

A vencedora entre as mulheres foi Jennifer Nascimento da Silva, que chegou ao bicampeonato após a vitória do ano passado. A atleta do EC Pinheiros estava temerosa, pois vinha de uma lesão na coxa que a tirou das provas por três meses. Ela, que havia sido vice-campeão na categoria geral em 2015, agora obteve a terceira colocação ao superar  Fernanda Soares num final emocionante. A segunda colocada entre as baruerienses foi Miriam Aparecida Paulino.

- Publicidade -