Reitoria da Unifieo é ocupada por professores e alunos

379
- Publicidade -

Crise na faculdade de Osasco se agrava e, após quatro meses sem salários, professores em greve recebem apoio de estudantes

unifieo
Campus Vila Yara, o único que ainda resta e passa por diversas crises

Há meses, o Centro Universitário Fieo (Unifieo), que por muitos anos despontou entre as instituições de ensino de Osasco e região, vem enfrentando uma grave crise. O golpe mais recente na atual situação da faculdade foi a ocupação da Reitoria, ocorrida na última quarta-feira, 7/12, por professores e alunos em protesto contra a falta de pagamento dos docentes. Os estudantes se uniram e decidiram apoiar os educadores por avaliar que a atual paralisação irá comprometer a conclusão do semestre na faculdade.

A crise que envolve a instituição que já foi referência, principalmente no curso de Direito, soma um saldo devedor em torno de R$ 20 milhões e levou a administração a leiloar, recentemente, o acervo de obras de arte da faculdade – incluindo peças de Di Cavalcanti, Burle Max e Alfredo Volpi. Somente com a folha dos professores, o Unifieo acumula uma dívida que gira em torno dos R$ 2,5 milhões.

Há menos de 18 meses a instituição perdeu seu tradicional campus, dedicado ao ensino do Direito, curso que praticamente alavancou o crescimento do nome Unifeo entre as faculdades da região.

[sam_ad id=”15″ codes=”true”]

- Publicidade -