Diretor de Obras de Jandira é assassinado com quatro tiros

1908
- Publicidade -

Rosemildo Fernandes da Silva, de 40 anos, caminhava próximo ao viaduto José Manoel da Conceição, região central da cidade

O Diretor de Obras da da Secretaria de Obras, Transporte e Trânsito de Jandira foi assassinado a tiros na manhã desta sexta-feira, 13/3. Rosemildo Fernandes da Silva, de 40 anos, foi morto quando caminhava próximo ao viaduto José Manoel da Conceição, região central da cidade.

Rosemildo foi assassinado com quatro tiros por volta das 7 horas, enquanto estava a caminho do trabalho a pé. Testemunhas informaram à Polícia terem visto um atirador em uma moto preta executando o Diretor de Obras e fugindo. Nenhum pertence foi levado.

Ele assumiu o cargo em novembro de 2018 na gestão do atual prefeito, Paulo Barufi. Natural de Juazeirinho, na Paraíba, era casado e deixa quatro filhos.

Em nota, a prefeitura de Jandira informou externar ‘total solidariedade à família e amigos’ de Rosemildo.

Jandira tem um histórico de assassinato de políticos. Em 2010, o então prefeito da cidade, Braz Paschoalin, foi executado na porta da Rádio Astral FM. Ele estava no terceiro mandado. Paschoalin administrou a cidade nos anos de 1989 a 1992, de 1997 a 2000 e de 2009 a 2010, quando foi morto.

Naquele mesmo ano, o ex-vereador Waldemiro Moreira de Oliveira foi assassinado depois de uma tentativa de assalto, em casa. Ele foi vereador da cidade entre 2005 e 2008.

- Publicidade -