Reações marcam rodada de grandes jogos no futsal

128
- Publicidade -

Real Califa x Skina (3 a 3) e Argentino Jrs. x Atlético Ufa (4 a 4) foram dois jogaços no sábado. Esquenta disputa pelas primeiras posições

skinadentro
Num dos melhores jogos do campeonato, Skina perdia por 2 a 0, virou o jogo mas cedeu o empate no final. Fotos: BnR

A sétima rodada do Campeonato Amador de Futsal de Barueri, jogada no sábado, 18/6, teve dois grandes jogos envolvendo os primeiros colocados e a maior goleada da competição até aqui. Como os quatro primeiros empataram, Trovoada e Ponte, que venceram, se aproximaram do topo. Sete das oito vagas vão se encaminhando para a definição e a briga para definir o oitavo classificado para o mata-mata esquenta. Hoje, são cinco candidatos separados por apenas dois pontos.   

Quem foi ao ginásio do Reginalice nesse sábado (18/6) viu um dos melhores jogos do campeonato até aqui. Skina  da Vila Porto e Real Califa do Jardim Califórnia empataram em 3 a 3 e mostraram porque são candidatos ao título.

A disposição tática marcou o primeiro tempo,  com o time da Vila Porto impondo uma marcação de quadra toda,  travando a saída de bola do Real Califa com Renato. Já o time do técnico Branco usava a habilidade de Renato e jogadas de pivô com Biro. Na melhor chance, Renato salvou gol de Cabeça após a bola passar por Tio Phil.

Tudo mudou depois do intervalo. Beiçola, do Skina,  e Rafinha, do Califa, quase abrem o placar. E em contra-ataque de Renato aos 5, Califa 1 a 0. O Skina apertou a marcação e mantinha a bola, mas quem marca novamente é o time do Califórnia. Rafinha aproveita jogada de Biro no pivô, 2 a 0.

O técnico Mico põe Tatu de goleiro-linha e são dele as jogadas que mudaram o jogo. Primeiro, obriga Tio Phil a uma defesa que custou uma contusão ao goleiro do Califa, e na sequência marca para o Skina em chute de fora. Com 2 a 1 o jogo pegou fogo, já que Branco não tinha goleiro no banco e, em um minuto, Beiçola marcou duas vezes, virando para o time da Vila Porto.


Então o Califa vai ao ataque com Rafinha de goleiro-linha. Pressiona, mas dá ao Skina chance definir com o gol vazio. Biro perde o empate da entrada da área.  De tanto forçar, aos 19 Renato faz tabela com Robson e iguala. No minuto final os dois times têm a chance da vitória nos pés dos seus goleiros-linha.  O empate deixa ambos entre os primeiros e mantém o Real Califa invicto.

Atlético UFA toma 3 a 0 mas reage

P1040438
Atlético Ufa e Argentino Jrs. fizeram jogo aberto do começo ao fim

O ginásio dos Camargos também foi palco de um grande jogo. Enfrentando o líder Argentino Jrs., da Aldeia, o Atlético Ufa, do Engenho Novo, conseguiu um empate em 4 a 4 depois de estar perdendo por 3 a 0. As duas equipes fizeram uma partida aberta e cheia de técnica, mas que acabou definida nos descuidos.

Argentino e Ufa começaram a partida buscando as jogadas ofensivas. O time da Aldeia abriu a contagem logo aos 3 minutos com Igor, mas o gol não mudou a postura de nenhum dos times. O jogo seguiu equilibrado, com alternância nas jogadas de perigo, até que o Ufa deu dois vacilos e tomou dois gols em um minuto, primeiro com Caio e depois com Mateus, ambos aos 10 do primeiro tempo.

O 3 a 0 não refletia o que acontecia em quadra. Com a larga desvantagem, o Atlético mudou de atitude e passou a pressionar e criar chances de gol, que saiu no último minuto do primeiro tempo. Maicon bateu falta e William tocou de letra para o fundo da rede, mas a arbitragem anotou o tento para o primeiro.

Veja com está o futebol:

Com Petrolina e Ceará, Mutinga domina no futebol

No segundo tempo o Ufa foi para cima e aos 5 minutos Birão diminuiu para 3 a 2. O time do Engenho aumentou a pressão e a velocidade. Buiú, Birão, Japa, William e Maicon se revezavam e forçavam a defesa do Argentino. Quando tudo indicava que o empate estava próximo, Rafael Villela fez o 4 a 2 num contra-ataque. Parecia que o líder venceria mais uma, mas foi sua vez de falhar. Acuado, especialmente depois que Birão passou a atuar como goleiro-linha, o Argentino cometeu dois erros defensivos que foram aproveitados por Maicon aos 15 e Japa aos 17.

Para o técnico Léo, o time da Aldeia deixou escapar uma vitória que esteve muito perto. “São coisas do salão. Um escorregaão, como aconteceu, pode definir um jogo”, explicou. “E eles foram muito bem com o goleiro-linha também. Foi um grande jogo.”

P1040422
Apesar da goleada, Nibra/Loucos lutou até o fim, teve chances de gol e marcou duas vezes

A rodada teve ainda a maior goleada do campeonato até agora. Nos Camargos, o Trovoada fez 15 a 2 no Nibra/Loucos. Vale um destaque para a garra do Nibra, que tentou o tempo todo e chegou a perder várias chances de gol no segundo tempo.

A próxima rodada reserva dois encontros entre equipes que estão no G-8: o Argentino Jrs. encara o Trovoada e o Skina pega a Ponte Preta. Na briga pela oitava vaga, Predinhos Itaquiti e Vale do Sol se cruzam e quem vencer pode até entrar na zona de classificação.

Sétima rodada futsal

 

 

 

 

 

 

 

- Publicidade -