Reabertura gradual será somente para cidades com mais 50% de isolamento

5429
- Publicidade -

Segundo governo de SP, municípios não mantiverem percentual de adesão à quarentena, não poderão participar da reabertura gradual da economia

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que cidades com índices de isolamento social abaixo de 50% serão excluídas da reabertura gradual da economia, programada para o dia 11/5. O anúncio foi feito na segunda-feira, 4/5, no Palácio dos Bandeirantes, após dados apontarem baixa adesão à quarentena em municípios do interior do estado no domingo, 3/5.

Barueri ficou um pouco acima da meta estabelecida na última medição feita pelo governo do Estado, quando o isolamento social dos baruerienses atingiu 56% no último domingo, 3/5. Foi o melhor índice desde o dia 29/3, quando a cidade registrou o mesmo percentual de adesão à quarentena.

Na capital, o isolamento foi de 52% de adesão dos paulistanos e de acordo com o secretário municipal de Saúde, a cidade prorrogará a quarentena após o dia 10/5 e adotará medidas mais rígidas. No estado, a taxa foi de 59%.

Araçatuba, Presidente Prudente e Catanduva registraram os piores índices de isolamento do estado, com 44%. Limeira (45%), São José do Rio Preto (46%), Bauru (46%), Araraquara (46%) e Ribeirão Preto (47%) também tiveram taxas abaixo dos 50%.

A cidade de São Sebastião foi a que teve o melhor desempenho em todo o estado no domingo, com 69% de adesão. Ubatuba (67%), Lorena (64%), Caraguatatuba (62%) e Cajamar (61%) também alcançaram bons índices.

Os índices de isolamento são obtidos pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo (Simi), que acompanha 104 municípios com mais de 70 mil habitantes por meio de sinal de aparelhos celulares.

Caso não seja prorrogada, a quarentena no estado de São Paulo vai até o domingo de Dia das Mães, 10/5 (leia mais). Desde o dia 23/3 que o governo estadual decretou o isolamento social, com o fechamento do comércio e de serviços não essenciais. A medida busca evitar o avanço do coronavírus, que já fez 2.654 mortos e infectou 32.187 no estado.

- Publicidade -