Por baixa procura, vacinação contra a gripe é prorrogada

399

Metas do Ministério da Saúde não foram atingidas. Em Barueri, piores índices foram de gestantes e crianças

gripeA vacinação contra a gripe para os grupos de risco foi prorrogada para o dia 9/6. O motivo foi a baixa procura. O Ministério da Saúde estabeleceu a meta de 90% de cobertura para todo o país. No caso de Barueri, o índice alcançado foi de 80% e os piores números registrados foram de gestantes e crianças.

Segundo os números gerais do ministério, a vacinação alcançou apenas 48% das gestantes, 54% dos trabalhadores da saúde e 69% das crianças de 6 meses a 5 anos de idade. No extremo oposto, entre os idosos a cobertura chegou a 112% da meta, enquanto entre as mulheres que tiveram bebê recentemente (puérperas), o índice foi de 85%.

Em Barueri, todas as unidades de saúde básica e o Serviço de Atendimento Especializado (SAE) vacinam gratuitamente.

Grupos prioritários

Têm preferência para a vacinação pessoas mais vulneráveis às complicações aos três sorotipos do vírus da gripe (Influenza, H1N1 e H3N2) como: trabalhadores da área de saúde, pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas, crianças (de 6 meses a 5 anos de idade a completar), indígenas, pessoas com doenças crônicas e professores de escolas particulares e públicas.