Policlínicas não serão fechadas, garante prefeitura

708

Encerramento do atendimento na unidades do Silveira e Engenho tem sido divulgado nas redes sociais

A prefeitura de Barueri negou o fechamento das policlínicas do Jardim Silveira e do Engenho Novo. A possibilidade tem sido levantada por munícipes nas redes sociais nos últimos dias.

O suposto fechamento, vinculado nas redes sociais, aponta que as policlínicas do Jardim Silveira e do Engenho Novo não funcionariam a partir de 2020. Um leitor do BnR disse, também, que já haveria um ofício ordenado a ação.

A unidade do Jardim Silveira foi inaugurada em maio de 2013 e fica na avenida Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão, 483. O local oferece atendimentos de clínica geral, pediatria, oftalmologia, cardiologia, ortopedia, neurologia clínica, pneumologia, vascular e pequenas cirurgias. Além de exames de Raio X, ultrassonografia, eletroencefalograma, eletrocardiograma.

Já a Policlínica do Engenho Novo foi aberta em fevereiro de 2016 e fica na rua Clóvis Eduardo Silotto, 56. No local são feitos atendimentos de oftalmologia, cardiologia, otorrino, endocrinologia, urologia, gastroenterologia, proctologia, dermatologia, enfermagem, psicologia e pequenas cirurgias. E ainda, exames de endoscopia, colonoscopia, tomografia, raio X, RPA, exame de cardiologia e ultrassonografia.

Em resposta ao Barueri na Rede, a gestão municipal afirmou que nenhuma das unidades fechará as portas. “Não há planos para fechar as policlínicas de Barueri, pois elas atendem grandes demandas de consultas e exames”, reforçou a prefeitura.

Segundo dados da prefeitura, entre janeiro e abril deste ano, as Policlínicas do Jardim Silveira e do Engenho Novo somaram 10.432 atendimentos médicos especializados, além de 27.682 exames. No início deste mês, a prefeitura anunciou a chegada de um novo tomógrafo à Policlínica do Engenho Novo. Na ocasião, foi informado que a unidade faz 500 exames de tomografia ao mês.

A unidade do Engenho Novo já foi cogitada de ser fechada em março de 2017. Na época, a prefeitura também negou a informação, afirmando que estava apenas encerrando o contrato com a terceirizada que administrava o espaço (https://www.baruerinarede.com.br/prefeitura-nega-que-va-fechar-policlinica-do-engenho-novo/).