Pesquisa traça relação do barueriense com o cinema

85
- Publicidade -

Estudo feito pela Secretaria de Cultura do município revela que barueriense vai pouco ao cinema. Uma das razões pode ser o preço

O barueriense vai pouco ao cinema, A conclusão é de uma pesquisa realizada pela Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri em março e que ouviu 250 pessoas na cidade. Segundo o levantamento, 39% das pessoas ouvidas disseram que não foram nenhuma vez ao cinema no ano passado. Se somados os que não foram aos que foram uma ou duas vezes, o índice chega a 53%. Apenas 8% dos entrevistados disse ter visto mais de dez filmes em 2015.

Uma das explicações pode ser o preço, já que 55% das pessoas afirmaram considerar a ida ao cinema algo caro ou muito caro.

Ao escolher o filme, o barueriense prefere comédia (26%) e ação (22%). As produções brasileiras dividem o público, pois 21% dizem que gostam muito, enquanto 18% afirmam não gostar e 61% gostam com ressalvas, dependendo do tipo do filme. Entre esses, as comédias lideram com 47%.

Entre os motivos que motivaram a realização da pesquisa foi buscar informações para a elaboração da programação das salas de cinema gratuito mantidas pela secretaria. Hoje, a administração municipal oferece três endereços: a Sala Barueri de Cinema, que funciona desde 2014 no Centro de Eventos da Vila Porto e tem sessões nas tardes de domingo; e as bibliotecas do Parque Imperial e do Parque dos Camargos, que têm projeções aos sábados à tarde. “E até o final de maio inauguraremos uma sala especial, onde funcionará o cinema para bebês”, afirma o secretário municipal de Cultura, João Palma.

[sam_ad id=”4″ codes=”true”]

- Publicidade -