Os principais fatos da cidade em março

703

RETROSPECTIVA BARUERI NA REDE – MARÇO 2016

 

gilforaDia 2O prefeito Gil Arantes anuncia que não concorrerá à reeleição em outubro. Gil convocou seus secretários e comunicou oficialmente que vai deixar a vida pública ao fim de seu mandato, em 31 de dezembro. Segundo ele, motivos de saúde o levaram a essa decisão. Leia mais

Dia 5 – Dois jogadores do Grêmio Barueri declaram que o time recebeu uma proposta de suborno para perder uma partida. Segundo eles, o empresário Jaci Martino de Oliveira, ex-gestor do clube, e outras duas pessoas, falando em nome de um suposto apostador asiático, ofereceram 25 mil dólares para que o time perdesse por mais de três gols de diferença para o Rio Preto, na quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A3, em 11/2. Os jogadores teriam recusado a oferta mas, mesmo assim, o Rio Preto venceu por 4 a 0. Veja mais detalhes aqui

gremioDia 8Orgulho do barueriense, após sair da série B3 (sexta divisão) do futebol paulista em 2001 e chegar à Série A do Brasileirão em 2008, o Grêmio Barueri tem sua venda divulgada. O novo proprietário foi mantido em sigilo e o antigo, Alberto Ferrari, responsável direto pela decadência do Grêmio, vendeu o clube e sumiu sem ao menos apresentar os compradores. Foi assim.

inundaDia 10As chuvas que caíram durante quase todo o dia voltam a alagar parte da região central de Barueri e do Jardim São Pedro. A Emef Elvira Lefevre Salles Nemer foi cercada pelo alagamento. Um grupo de cerca de 20 alunos do cursinho e quatro pessoas com deficiência, membros da equipe de bocha paraolímpica de Barueri, que treinam na escola, ficaram ilhados. Veja como foi
mariahelenaDia 11 – O Jardim Maria Helena amanhece submerso. Informações da Defesa Civil de Barueri são de que cerca de 50 casas foram inundadas. A água começou a subir durante a chuva da noite anterior e por volta das 22 horas o bairro já apresentava vários pontos de alagamento. Porém, a partir do meio da madrugada, o volume do rio Cotia, que banha a região, subiu mais rapidamente e a água tomou toda a parte baixa do bairro. Veja mais detalhes

Dia 12Gil Arantes (DEM) e Rubens Furlan (PSDB) tornam-se réus em processo sobre desvio de verbas públicas e enriquecimento ilícito na gestão do Grêmio Barueri. Seis ex-dirigentes do Grêmio também são acusados. De acordo com o Ministério Público, a prefeitura assinou um convênio de repasse de verbas ao clube em 2002, na segunda gestão de Gil Arantes à frente da prefeitura. O propósito da parceria era fortalecer o esporte amador na cidade, mas grande parte do dinheiro acabou utilizada pelo departamento de futebol profissional. O MP pede a devolução aos cofres públicos de R$ 18,5 milhões. Leia mais


hmb35Dia 13 – A prefeitura de Barueri decreta intervenção na direção do Hospital Municipal de Barueri Francisco Moran (HMB). A decisão foi tomada porque o atendimento à população estaria sob risco, uma vez que a Organização Social (OS) responsável pela gestão do hospital,o Instituto Hygia, não estaria cumprindo as obrigações previstas em contrato. Mais detalhes

Dia 15 – Estudantes e funcionários da Escola Municipal de Ensino Fundamental Lênio Vieira de Moraes, no Jardim Tupã, denunciam que a escola está sem parte do teto há mais de um mês e que são obrigados a conviver com goteiras, instalações alagadas e água acumulada. A escola é compartilhada entre Estado e município. A situação iria perdurar até o meio do ano. Saiba mais

acidenteDia 20Quatro carros se envolvem num acidente, por volta de 21h30, na esquina das avenidas Santa Úrsula e Henriqueta Mendes Guerra, no centro. Os veículos envolvidos eram uma BMW, um Prisma, um Ford Ka e um Astra. O motorista do BMW não permaneceu no local do choque. Três pessoas se feriram sem gravidade e foram levadas ao Pronto Socorro Central (Sameb). Veja como foi

carreiraDia 22Em sessão tumultuada que teve apitaço, vereadores batendo boca com a plateia e agressão entre vereadores, a Câmara de Barueri aprova por maioria absoluta os três planos de carreira do funcionalismo municipal propostos pelo prefeito Gil Arantes e elaborados pela Fundação Getúlio Vargas (geral, para a educação e para a área de segurança). A sessão foi suspensa e a votação feita em seguida, o que resultou numa ação da Justiça que pede a anulação da decisão dos vereadores. Lembre mais detalhes

sauloxDia 22 – O vereador Saulo Goes (Psol) é agredido pelo colega Jânio Gonçalves (PMDB), no fim da primeira parte da sessão da câmara de Barueri que aprovou os planos de carreira do funcionalismo. Por volta do meio-dia, a tensão atingiu seu nível mais alto e o presidente da casa, Carlinhos do Açougue, decidiu encerrar os trabalhos. A agressão ocorreu na sala de reuniões, atrás do plenário da casa. Saulo chegou a fazer um Boletim de Ocorrência e disse que acionaria Jânio na Justiça, mas acabou desistindo. Veja como foi

Leia tudo o que aconteceu em março aqui.