Os fatos que movimentaram a cidade em junho

508
- Publicidade -

RETROSPECTIVA BARUERI NA REDE – JUNHO 2016

condominioDia 5 – Um empreendimento de 30 torres e 2,5 mil apartamentos – o Inspire Barueri, erguido na avenida Henriqueta Mendes Guerra, na entrada do Jardim Belval – agrava o gargalo da distribuição de vagas na rede municipal de ensino. O secretário municipal de educação, Régis Luiz Lima de Souza, explica que quando foi liberado o conjunto de torres, em 2012, a prefeitura não exigiu como contrapartida a construção de escolas ou maternais pelos investidores. Os novos condomínios e obras causam desconforto e prejuízo para crianças e adolescentes, ameaçando escolas de superlotação. Leia a matéria completa.

acidente-tamboraDia 5 – Um carro com seis ocupantes choca-se contra a coluna sob a rodovia Castelo Branco, na avenida Piracema. Por volta de 4h20 um Hyundai Azera preto – que ia no sentido de Carapicuíba – bateu na coluna. Das seis pessoas no veículo, duas morreram no local, duas foram enviadas ao pronto-socorro central de Barueri (Sameb) e duas para o Hospital Municipal de Barueri. Os mortos foram identificados como Washington, motorista do carro, e Gabriela Vieira, sua namorada, de 19 anos, ambos de Carapicuíba. Eles estavam no banco da frente. Atrás, havia mais quatro garotas. Todas se feriram com gravidade. Mais detalhes.

encosta-imperial

Dia 6 – Parte da passagem da entrada do Parque Imperial começa a desmoronar durante a noite e deixa o bairro isolado, sem água e sem energia elétrica. O abalo na via de acesso é percebido à noite. Bombeiros e Defesa Civil são acionados e passam a noite no local. A pista é parcialmente bloqueada por volta das 22 horas, provocando trânsito intenso na passagem. A estrutura que cedeu fica na rua Chico Mendes, sobre o túnel do Rodoanel. Por volta da uma hora da madrugada dois postes caem pelo barranco, interrompendo o fornecimento de energia elétrica para cerca de 30 mil pessoas. A pista é parcialmente interrompida para a circulação, e só é permitida a passagem de um veículo por vez. O Demutran monta dois bloqueios, um em cada ponta do viaduto, para controlar o tráfego. O trânsito de ônibus é proibido, obrigando as pessoas a caminhar até depois do local para conseguir transporte. Além disso, o deslizamento aumenta e há o temor de que toda a estrutura desça pelo barranco. Relembre o caso.

galeria-entupidaDia 6 – O entupimento de uma galeria de águas pluviais alaga duas ruas do Jardim Belval durante a noite. A inundação atinge várias casas da rua Engenheiro Oscar Kesselring, a principal do bairro, e atinge também a rua Portela. Segundo moradores, o problema apareceu depois que a prefeitura demoliu uma área de lazer que havia no encontro da Engenheiro Oscar com o acesso à Castelo Branco para construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), obra que está paralisada. Durante toda a manhã, máquinas e caminhões da prefeitura trabalham na retirada da lama e limpeza das ruas atingidas. Um morador grava a força da água invadindo a rua. Leia a matéria completa e veja o vídeo.

buraco-e-aerea-tamboreDia 12 – Alertada pelo Barueri na Rede, a promotora de Santana de Parnaíba determina que a prefeitura dê explicações em 48 horas sobre deslizamentos de terra colocam em risco duas vias próximas ao Polo Empresarial do Tamboré. No inquérito civil, a promotora Paula Villanacci Alves Camasmie determina que a Defesa Civíl faça avaliação detalhada e esclareça se há ou não risco iminente de desmoronamento. O BnR visita o local e consta que, além da alameda América, a avenida Marcos Penteado Ulhoa Rodrigues sofre com o mesmo problema, mas em estado mais crítico. Leia mais aqui.

carlihos-150x150Dia 14 – Vereadores aceitam pedido do ex-prefeito Rubens Furlan e câmara anula sessão que rejeitou contas dele em 2011. Por 16 votos a 2, a casa acata decisão do presidente da câmara, Carlinhos do Açougue (DEM), e a anulam o decreto legislativo de 6 de agosto de 2013. Com isso, a votação das contas de 2011 volta a seu estágio inicial e Furlan pode apresentar sua defesa. Mais detalhes aqui.

merenda2-1Dia 15 – O caso de desvio de dinheiro da merenda escolar vai para a Justiça Federal e a Polícia Federal passa a ser responsável pelas investigações. Os promotores pedem transferência das investigações porque a maioria dos recursos é da União. São investigadas 22 cidades, entre elas, Barueri. O esquema de desvio envolve a Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coag), de Bebedouro que, segundo, pagava propinas para políticos e funcionários de prefeituras para vencer licitações em que cobrava preços superfaturados. Leia aqui mais detalhes.

Dia 16 – Uma mulher de 71 anos sofre tentativa de assalto e é arrastada pela bolsa, no Jardim dos Camargos. Uma equipe da Guarda Civil Municipal, em ronda nas proximidades da rua da Prata, no Jardim dos Camargos, detém em flagrante o jovem responsável pelo crime. Por coincidência, o fato ocorre na véspera do Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Leia mais aqui.

Dia 21 – O ministro Henrique Neves da Silva do TSE – em decisão monocrática (aquela que necessita da análise de um único magistrado) – acata recurso do ex-prefeito Rubens Furlan e cassa decisão de TRE-SP que o tornava inelegível. A decisão revoga a tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) que tornou o ex-prefeito Rubens Furlan inelegível por oito anos por suposto abuso do poder econômico e de autoridade na eleição de 2012. Mais detalhes.

carro-sem-rodasDia 23 – A prefeitura é condenada a indenizar uma professora que teve as quatro rodas do carro furtados dentro da escola. O veículo estava estacionamento dentro da Emef e, em plena luz do dia, mesmo com a presença de um guarda e cadeado no portão, a docente Anna Maria de Souza, da Emef Suzete da Costa e Silva Mariano, no Jardim Maria Helena, encontrou o carro sem os pneus. Anna Maria pedira ressarcimento do prejuízo à prefeitura, que negou o pedido. Na decisão de indenização, o desembargador Ribeiro de Paula, afirmou que ficam evidentes a negligência da administração municipal e a falha da vigilância em garantir a segurança de todo o prédio. Saiba mais.

Dia 24 – O Tribunal de Contas do Estado (TCE) julga ilegal a contratação do cantor Almir Guineto pela prefeitura de Barueri para um show realizado em 10 de julho de 2011, na gestão de Rubens Furlan. O TCE conclui que a falta de licitação pública para contratar o artista feriu a lei e resultou em gasto excessivo para o município. Em consequência, considera ilegal o pagamento efetuado. Leia mais aqui.

Leia tudo o que aconteceu em junho aqui.

- Publicidade -