Oeste perde na estreia e reclama muito da arbitragem

175
- Publicidade -

O rubro-negro teve dois gols anulados na derrota de 2 a 0 para o Paysandu, um deles quando o placar ainda era 0 a 0

Oeste poderia sair na frente mas o árbitro marcou impedimento neste lance. Foto: Reprodução TV Globo

Começou mal a campanha do Oeste na série B do Campeonato Brasileiro de Futebol. O time de Barueri perdeu para o Paysandu (PA), em Belém, por 2 a 0 na rodada de abertura do torneio. O rubro-negro encarou o Papão de igual para igual e poderia ter saído com resultado melhor, já que teve dois gols anulados. Na segunda rodada o Oeste recebe o Criciúma na Arena Barueri, no próxima sábado, 20/5, às 16h30.

O técnico Roberto Cavalo mandou a campo um time defensivo, com três jogadores na linha de zaga, no esquema 3-5-2. O treinador também aproveitou a partida para promover a estreia de vários dos novos contratados.

O jogo apresentou duas etapas bem distintas quanto a movimentação e aproveitamento de ambas as equipes. O primeiro tempo foi bastante morno, com o Papão tentando assumir o controle do jogo no seu início, mas esbarrando na solidez do sistema defensivo do Oeste. Isso obrigou as equipes a um jogo baseado em cruzamentos sem efetividade para a área. O grande destaque ficou mesmo para o apagão no sistema de iluminação do estádio da Curuzu que paralisou o jogo por 23 minutos.

Após o intervalo se viu outro jogo. Logo ao três minutos, Robert marcou para o Oeste, mas o gol foi mal anulado pela arbitragem, que marcou impedimento quando o atacante estava na mesma linha do último zagueiro. Para castigo maior ao time de Barueri, na sequência Fernando Gabriel aproveitou rebote de escanteio e abriu a contagem para o Paysandu, com a bola desviando em Garutti .

O gol mudou a postura do Oeste, e Roberto Cavalo tentou tornar o time mais ofensivo, trocando o volante Fernando Aguiar pelo atacante Alexandro. A mudança deu certo e o time teve chances para empatar com Alexandro aos 19 e Mazinho aos 22. Já o Paysandu recuou e passou a buscar os contra ataques.

Quando tudo parecia caminhar para o 1 a 0, dois lances polêmicos esquentaram o final do jogo. Aos 41 a arbitragem anulou outro gol do Oeste quando, o estreante Alexandro cabeceou fora do alcance do goleiro Emerson, e no minuto seguinte marcou pênalti de Rodolfo em Bergson, que bateu e fechou o placar em 2 a 0 para o Paysandu.

O time que perdeu para o Paysandu teve: Rodolfo; Luis Gustavo, Guilherme Garutti e Joilson; Daniel Borges, Fernando Aguiar (Alexandro), Lídio (Betinho), Mazinho e Willian Cordeiro; Julio Cesar (Tatuí) e Robert.

O Rubrão tenta a recuperação jogando em casa, na Arena Barueri, contra o Criciúma (SC) no próxima sábado, 20/5, às 16h30, pela segunda rodada.

- Publicidade -