Oeste estreia com derrota na série A2 do Paulista

422
- Publicidade -

Jogando no Brinco de Ouro, em Campinas, equipe rubro-negra perdeu para o Guarani por 2 a 1

O Oeste iniciou na manhã deste sábado, 28/1, a disputa da série A2 do Campeonato Paulista com derrota por 2 a 1 para o Guarani. Em partida disputada no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, o rubro-negro tomou um gol no início, mas dominou todo o primeiro tempo. Na segunda etapa, o Bugre conseguiu controlar o jogo e ampliou o marcador. Nos acréscimos o Oeste marcou seu gol de honra.

O Oeste iniciou a partida com o mesmo time que finalizou a pré-temporada, contra o Flamengo de Guarulhos: Rodolfo; Reginaldo, Jailton, Lino e Cleidson; Lídio, Barra e Mazinho; Erick, Tiago Adan e Robert.

um-minuto
Jaílton quase marca no primeiro minuto. Fotos: Reprodução Sportv

E foi a equipe de Vilson Tadei que teve a primeira chance do jogo, logo no primeiro minuto. Em cobrança de escanteio pela direita, Jaílton finalizou no canto direito para defesa de Luiz Henrique. No rebote, Mazinho bateu com perigo, mas por cima do gol bugrino.

O jogo estava para o Oeste, mas aos oito minutos Cleidson trombou com Uanderson dentro da área e o juiz marcou pênalti. O veterano Fernando Fumagalli bateu no canto direito de Rodolfo para marcar 1 a 0 para a equipe de Campinas

A equipe de Barueri continuou dominando o jogo mas não conseguia entrar na área adversária, se limitando a chutes de longa distância. E ainda viu o Guarani quase ampliar, aos 39, quando o volante Auremir soltou uma pancada de fora e obrigou Rodolfo a boa defesa.

erick
Erick foi o destaque do Oeste

No intervalo, Vilson Tadei trocou Tiago Adan por Da Matta, posicionando Robert mais centralizado. No início, a mudança parecia ter surtido efeito e o time encurralou o Bugre em seu campo, aproveitando a movimentação constante de Erick, o melhor jogador rubro-negro da partida.

Mas, aos poucos, o Guarani foi tomando conta do meio de campo, anulando o meia Mazinho, e assim cortando a ligação entre o meio e o ataque do Oeste. O jogo se tornou amarrado, com a criação de poucas jogadas de gol, principalmente em chutes de longa distância de Fumagalli e Samudio.

Aos 21, a melhor chance de empate, nascida de jogada da linha de fundo do lateral Cleidson. A bola chegou na cabeça de Erick, no bico da pequena área, e acabou em excelente intervenção do goleiro Luiz Henrique.

Fumagalli marcou duas vezes para o Guarani
Fumagalli marcou duas vezes para o Guarani

Tadei ainda tentou mudar a dinâmica do time, trocando Lídio por Batata e Robert por Natan, mas não modificou o panorama da partida, que seguia para terminar com o placar mínimo quando, aos 43 minutos, Fumagalli aproveitou chute sem direção de Renato que passou sob o pé de Cleidson e, na pequena área, tocou para o gol vazio.

O Oeste ainda diminuiu nos acréscimos, quando Luiz Henrique, que fez grande partida, falhou feio e aceitou chute de fora da área de Da Matta, que deu números finais ao jogo. Guarani 2 a 1.

Na sequência o Oeste terá duas chances de se recuperar jogando em casa, na Arena Barueri, na próxima semana. Quanta-feira, 1/2, quando faz seu primeiro jogo oficial com tima da casa contra o Taubaté, às 19h30. Depois pega a Barbarense, às 19 horas do sábado, 4/2.

 

- Publicidade -