Nos bastidores, Jânio agride Saulo Goes

287
- Publicidade -

No meio da confusão desta terça-feira, Jânio Gonçalves desferiu dois socos contra Saulo Goes, que vai denunciá-lo por quebra de decoro

O vereador Saulo Goes (Psol) foi agredido pelo colega Jânio Gonçalves (PMDB), no fim da primeira parte da sessão da câmara de Barueri desta terça-feira (22/3). Por volta do meio-dia, a tensão atingiu seu nível mais alto e o presidente da casa, Carlinhos do Açougue, decidiu encerrar os trabalhos. Naquele momento, os guardas que se manifestavam contra o plano de carreira proposto pela prefeitura pressionavam os vereadores para que votassem contra a proposta.

saulo3
Saulo: queixa na polícia

Na saída do plenário, já no setor privativo dos vereadores, Saulo e Jânio discutiram e o peemedebista desferiu dois socos entre o rosto e o pescoço do colega. Outros parlamentares precisaram intervir para interromper a confusão.

janio
Jânio: desculpas

Segundo vereadores que testemunharam a agressão, Jânio disse que Saulo estava tentando tumultuar a sessão e tirar proveito político da situação. Assessores de Jânio confirmaram as informações e disseram que ele já havia pedido desculpas ao colega. Procurado pelo Barueri na Rede, o vereador disse que não tinha nada a dizer.

Saulo Goes dirigiu-se à Delegacia de Política e registrou boletim de ocorrência por agressão. “Dei queixa e pretendo entrar com uma representação por quebra de decoro”, afirmou. “Aceitei o pedido de desculpas, mas ele passou do limite, e não é a primeira vez.”

[sam_ad id=”6″ codes=”true”]

 

 

- Publicidade -