Motorista de aplicativo é morto em Carapicuíba

14247

O jovem, de 23 anos, chegou a ser socorrido com vida e falado para a polícia quem o agrediu, mas morreu no Hospital Geral, vítima de dois tiros

Gabriel Lourendo Ferreira, de 23 anos, morador da cidade de Santo André, região do ABC de São Paulo, foi morto na Vila Lourdes após fazer uma corrida de aplicativo. A vítima foi baleada no tórax e no braço após atender um chamado na madrugada de domingo, 5/1.

Segundo a polícia, o jovem foi localizado ferido por volta das 4 horas da manhã, caído no chão e longe do carro que dirigia como motorista de aplicativo. O veículo de Gabriel estava batido entre um caminhão e um muro na rua Ivany, Vila Cretti, em Carapicuíba.

Ao ser socorrido, ele teria conseguido dizer aos policiais que atenderam a ocorrência que um homem de camiseta azul atirou nele após tentar assaltá-lo. Gabriel chegou a ser levado ao Hospital Geral de Carapicuíba, mas não resistiu aos ferimentos.

O jovem foi velado e sepultado nesta segunda-feira, 6/1, no Cemitério do Curuçá, no bairro Parque das Nações, em Santo André. Segundo o site ABCD Jornal, vários motoristas de aplicativo compareceram ao enterro de Gabriel e depois fizeram um protesto na avenida José Caballero com a Avenida Portugal, no Centro de Santo André, para solicitar mais segurança.

O caso foi registrado no 1º DP de Carapicuíba como latrocínio, que é roubo seguido de morte. Ainda não há informações sobre quem teria cometido do crime.