Militares do Depósito de Suprimento fazem doação de sangue

501
- Publicidade -

Em razão da pandemia de Covid-19, iniciativa antecipou doação prevista para o mês de junho

Doação fez parte de programa de campanhas institucionais do Exército e vai se repetir em maio

Militares do 22º Depósito de Suprimentos (22º D Sup) do Exército fizeram um mutirão de doação de sangue para abastecer o banco da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. A intenção foi contribuir no combate à queda dos estoques dos hemocentros das instituições públicas de saúde, prejudicadas com a pandemia de Covid-19.

Um grupo de cerca de 20 homens do Depósito fez a coleta atendendo à portaria 085 do Comandante do Exército, de 29 de janeiro. Ela estabeleceu as Campanhas Institucionais da Força Terrestre para 2020 e previa uma doação no mês de junho, mas a unidade se antecipou em razão da gravidade da situação. Outras unidades militares de Barueri também participaram da ação e há um novo mutirão marcado para o mês de maio.

Pudemos auxiliar o hemocentro da Casa de Misericórdia no esforço de toda sociedade brasileira para superar este momento difícil”, afirma o tenente-coronel Vandré Rolim Machado, comandando do 22º D Sup. Ele exalta ainda a atitude dos militares “que se prontificaram à nobre ação em benefício da população paulista”.

Longa história

O 22º Depósito de Suprimento nasceu da doutrina de modernização do Exército Brasileiro, após o fim da 2ª Guerra Mundial. Nesse contexto, em 11 de abril de 1946, foi criado em Quitaúna o Depósito Regional de Motomecanização da 2ª Região Militar (DRMM/2).

Em 1992, foi transferido para Barueri, onde estava instalado o Depósito Regional de Armamento e Munição da 2a Região Militar (DRAMM/2). As duas unidades foram então fundidas no 22° Depósito de Suprimento (2ª Dep Sup).

Em 2019, passou a se chamar 22° Depósito de Suprimento Manoel Fernandes Ramos, em homenagem ao fundador de Santana de Parnaíba, em 1580, da qual o futuro município de Barueri fazia parte.

O 22º D Sup Manoel Fernandes Ramos fica na Estrada de Jandira, entre o Jardim Belval e o Jardim Silveira.

- Publicidade -