Macacos são encontrados mortos em Barueri

11811
- Publicidade -

Suspeita é de que possam ter morrido por febre amarela

Três macacos foram encontrados mortos nos bairros Jardim Júlio, Jardim do Líbano e Parque Viana durante a última semana. Segundo a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS), por meio do Departamento Técnico de Controle de Zoonoses (DTCZ), foram coletadas amostras dos primatas e enviadas para o Instituto Adolfo Lutz para diagnóstico. Recentemente, um macaco foi encontrado morto por febre amarela em São Roque.

Macacos vivem nas matas de Barueri - Foto: Renata Branco
Macacos vivem nas matas de Barueri – Foto: Renata Branco

A morte pode indicar a presença de mosquitos transmissores da febre amarela. Há um caso confirmado em São Roque e uma suspeita em Cotia. A transmissão da epidemia se dá pelo mosquito Haemagogus, em áreas silvestres. Uma pessoa ou animal infectado pode levar a doença para áreas urbanas, onde pode ser transmitida pelo Aedes aegypti (mesmo transmissor da dengue).

 

O Barueri na Rede entrou em contato com a CVS, via Secretaria de Comunicação, e foi informado que o prazo para as análises é de dez dias e que até o momento não há resultado.  O órgão diz que o município conta com vigilância entomológica, que inclui a pesquisa de mosquitos do gênero Haemagogus, realizada pela Superintendência de Controle de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde.

Perguntada sobre a necessidade de vacinação contra febre amarela, a CVS afirmou que “o município de Barueri, obrigatoriamente, deve seguir as normas do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde quanto aos critérios de vacinação. Neste momento, como não temos o vírus da febre amarela circulante, não há como justificar a alteração nos critérios de vacinação em nosso território”.

A nota ao BnR, orienta que “caso seja encontrado qualquer primata não-humano (saguis, bugios, macaco prego, dentre outros) doente ou morto, deve-se comunicar imediatamente ao DTCZ, nos telefones 4198-5678 ou 0800 77 17 207. O animal não deve ser transportado ou manipulado pelas pessoas”. Ressalta, ainda, que é crime qualquer forma de agressão direcionada a qualquer animal.

Um quarto macaco foi encontrado morto na mata junto a Avenida Aníbal Correa, na tarde do dia 4/3. Entretanto, descobriu-se que tinha sido vítima de atropelamento. Os macacos habitam uma extensa faixa de mata na região do Votupoca, que compreende os bairros Parque Viana, Jardim Paulista, Jardim Líbano, Parque Esmeralda, Jardim Júlio e São Fernando.

- Publicidade -