Jovem morre em novo acidente na avenida Yojiro Takaoka, no Alphaville

25206
- Publicidade -

Bruno Charantola Bulhões, de 26 anos, perdeu o controle do seu carro e se chocou contra um poste na noite de sexta-feira, 5/5

carro-bruno
Foi necessário abrir o teto do veículo para o socorro

A avenida Yojiro Takaoka mais uma vez foi cenário de acidente de trânsito com morte. Na noite de sexta-feira, 5/5, por volta das 22 horas, o jovem Bruno Charantola Bulhões, de 26 anos, perdeu o controle do seu Hyundai HB20 branco e se chocou contra um poste nas proximidades da divisa entre Barueri e Santana de Parnaíba. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

bruno-bulhoes2
Bruno tinha 26 anos e tocava bateria na igreja

Bruno, que era analista de projetos e filho do ex-diretor do Demutran de Barueri, Cícero Bulhões, saiu de sua residência em Jandira em direção da Unip para se encontrar com a namorada na saída das aulas. Segundo testemunhas que passaram pelo local no momento do acidente, o asfalto estava molhado e coberto por folhas de árvores próximas que caíram em virtude da forte chuva que atingiu a região.

De acordo depoimento dado em um grupo do Facebook, Bruno estava desacordado mas ainda com vida quando o resgate foi acionado por ela pelo telefone 190 da polícia.

O jovem era membro atuante na Comunidade Sara Nossa Terra, em Jandira, onde tocava bateria na banda que acompanha os cultos na igreja. E é na comunidade que seu corpo será velado. O sepultamento está previsto para às 9 horas do domingo, 7/5, no Cemitério Municipal de Barueri.

Revolta

Nos grupos de mídia social destinados a debater problemas de trânsito e segurança no Alphaville, o que se percebe é uma enorme preocupação dos moradores e frequentadores do bairro, principalmente daqueles que utilizam a Yojiro Takaoka, quanto à constância e gravidades dos acidentes que ali ocorrem.

O tom geral dos comentários é que falta determinação para a resolução dos problemas por parte do poder público dos dois municípios que dividem a responsabilidade pelo bairro. Às vésperas do ano novo de 2016, uma batida entre dois carros, na mesma região, vitimou o jovem Gabriel Lacerda, de 18 anos, morador do Jardim Esperança (leia a matéria).

- Publicidade -