Hinode/GRBarueri vence o Bradesco e se consolida na liderança

841
- Publicidade -

O time continua invicto após quatro jogos e praticamente assegura a primeira colocação na fase de classificação

foto3
A oposta Sara de destacou mais uma vez em nova vitória do GRB/Fotos: Mário Trujillo

Jogando em Osasco na tarde deste sábado, 18/2, o Hinode/GRBarueri venceu o ADC Bradesco por 3 a 1 (25-23, 25-20, 20-15 e 25-14) no jogo dos, até então, invictos, e se isolou na liderança da Superliga B de voleibol feminino. A partida foi bastante equilibrada nas três primeiras parciais, mas no quanto set o jovem time de Osasco não suportou o volume de jogo das meninas comandadas por Zé Roberto Guimarães.

O início do jogo deu a impressão que a vitória seria tranquila, logo no primeiro rodízio, com a ida da capitã Érica para a rede, o GRB abriu 6 a 1. A tranquilidade foi até o placar apontar 10 a 4. A partir daí as osasquenses foram tirando a diferença até virarem em 20 a 18. Com 22 a 21 para o Bradesco, a levantadora Ana Cristina foi para o saque e mudou o panorama. Valendo-se da maior experiência, o Hinode virou em 24 a 22 e ganhou o set por 25 a 23, com destaque para a oposta Sara.

Na segunda parcial houve alternância no placar, com as duas equipes liderando até a contagem apontar 11 a 10 para o Bradesco. Daí em diante o GRB controlou, com Ana Cristina distribuindo bolas para Sara, Vivi Góes e Fê Ísis, até o fechar em 25 a 20. O destaque negativo era a sempre importante atacante Suelle, que não conseguia virar suas jogadas.

foto2
Zé Roberto teve que mexer no time no terceiro set

Tudo o que poderia dar errado com o time de Barueri aconteceu no terceiro set. Logo no início, Zé Roberto trocou Michelle Daldegan por Dani Terra a quando o Bradesco abriu 4 a 1, com três erros da líbero. Suelle continuava irreconhecível, errando em todos os fundamentos e ainda dando um ponto de graça, ao tomar cartão vermelho por reclamação. Zé Roberto tirou a ponteira e colocou Arielle em seu lugar. O time melhorou mas a reação não foi suficiente. No final Bradesco 25 a 20 fácil.

Mais concentradas, as meninas do Hinode não deram chance às rivais na quarta e última parcial. Na primeira passagem de Suelle, que voltou melhor, a veterana Érica, com dois bloqueios e um ataque na entrada de rede, desmontou o time de Osasco. Com 7 a 2, o time se aproveitou da juventude e nervosismo das rivais e foi alargando o placar até fechar o set em 25 a 14 e o jogo em 3 sets a 1.

Os demais times

Ainda pela quinta rodada o São Bernado venceu o BRH-Sulflex/Clube Curitibano na sexta-feira, 17/2, por 3 X 2 (25-15,25-19,14-25,21-25,15-9), jogando em casa. No sábado à noite, em partida realizada no seu ginásio, o São José dos Pinhais obteve sua segunda vitoria, 3 a 1 (22-25, 25-16, 25-20, 25-17) no ACV/Unochapecó/Orbenk e subiu para quanto lugar.

Agora o Hinode lidera a tabela com doze pontos e joga contra o São Bernardo no ginásio José Corrêa, na próxima terça-feira, 21/2, às 19h30, e depois encerra sua participação nessa fase da Superliga B enfrentando o lanterna BRH-Sulflex/Clube Curitibano, em Curitiba.

classificacao-e-tabela-rodada-comlpleta

 

- Publicidade -