Grupo de Barueri lança movimento contra a corrupção

2782
- Publicidade -

Entidade diz que não tem ligações partidária e está de portas abertas para quem quiser participar

mlb
Grupo foi inspirado nas manifestações de rua e em movimentos de âmbito nacional/Foto: Agnaldo Silva

Um grupo de baruerienses lançou na quarta feira, 22/06, o Movimento Liberta Barueri (MLB), definido como “um órgão de fiscalização e de combate à corrupção em Barueri”, de acordo com seu vice-presidente Wellington Alves, o Leco.

Na versão de seus criadores, o MLB é uma instituição sem fins lucrativos, de iniciativa privada e popular, sem bandeira partidária, de portas abertas, constituído para o povo e pelo povo.

Os movimentos de combate à corrupção vêm crescendo no país, como o Vem Pra Rua e o Brasil Livre, que participaram da cassação da ex-presidente Dilma Rousseff através das manifestações”, afirma o presidente do MLB, Júlio Leal.

O Movimento Liberta Barueri entende que, pela arrecadação da cidade, a saúde pública deveria ser de qualidade, sem filas, e que a educação poderia usar como referência na grade escolar sistemas particulares de ensino, Etapa, Anglo e Objetivo.

A diretoria-executiva da entidade é composta por Júlio Leal (presidente), Wellington Alves (vice-presidente), Eder Fernandes (primeiro secretário), Elisangela Bragança (segunda secretária) e Juliana Veras da Silva (tesoureira). Os membros do Conselho fiscal são Ailton Campos de Abreu, Eduardo Fernandes Dario e Everton Toninato, tendo como suplentes Fabricio Ribeiro, Eliseu de Santanna e Gidelson Alves.

(Por Agnaldo Silva)

- Publicidade -