Fortes críticas pressionam secretário de Saúde de Barueri

5605
- Publicidade -

Nomeação de antiga funcionária do setor engrossa rumores de queda. A insatisfação com o desempenho do secretário é geral

Paulo Silas foi nomeado em janeiro/Fotos: Divulgação
Paulo Silas foi nomeado em janeiro/Foto: Divulgação

Vereadores da Câmara Municipal de Barueri têm feito duras críticas ao secretário de Saúde, o médico Paulo Silas, como forma de pressionar sua queda do cargo. Nas duas últimas sessões, parlamentares usaram a tribuna para atacar publicamente o titular da pasta, nomeado pelo prefeito Rubens Furlan (PSDB) no início desta gestão, em janeiro.

Segundo os vereadores, o secretário não tem atuado com mais presença no setor da Saúde em Barueri, nem dado atenção às demandas dos parlamentares. “Não temos um homem de pulso firme na Saúde. O secretário não nos atende, fica a desejar. A gente fala com o prefeito na hora que quer, mas com o secretário tem que entrar de joelho”, atacou o vereador José Francisco de Lima (PMDB), o Zé Baiano, durante a sessão da Câmara de terça-feira, 23/5.

“Quem é secretário? Secretário tem que visitar prontos-socorros, o Hospital…”, ironizou o vereador Rafael Valério Carvalho (DEM), o Rafa Gente da Gente. O parlamentar já havia criticado o secretário na sessão da semana passada: “Parece que somos de oposição, que somos inimigos. Acho que é melhor marcarmos audiência (com o secretário) na igreja onde ele é pastor, porque por aqui tá difícil”, disse.

O presidente da Câmara, vereador Sebastião Carlos do Nascimento (DEM), o Carlinhos do Açougue, também criticou o secretário, na sessão da semana passada: “Senhor secretário, saia de sua cadeira e tente fazer alguma coisa pela Saúde. Mostre a que veio fazer em seu cargo. Está faltando o senhor secretário aqui nesta cidade”.

Queda de braço

Rumores de iminente queda do secretário têm ficado mais fortes desde a nomeação da servidora Ana Regina Lisboa num cargo de comando dentro da Secretaria. Ela é descrita pela própria prefeitura como funcionária “atuante na área da saúde há mais de 20 anos”. Chegou a ser secretária no final do mandato de Furlan no ano de 2012, substituindo o médico Maurício Tundisi – antes, era chefe de gabinete do secretário.

“Ela ter perfil de secretária, é experiente, atende vereadores e qualquer munícipe”, disse o vereador Antonivaldo Rios Gomes (PSB), o Kascata. “Nos bastidores, há informação de que há uma queda de braço entre o secretário e a Ana Regina. Vamos deixar o ego de lado e deixar que ela monte sua equipe”, complementou.

Ana Regina Lisboa é uma figura importante no grupo político dos Furlans. Em 2009 ela chegou a ser citada numa denúncia contra Bruna Furlan (PSDB), por suposta compra de votos. Na época Bruna concorria ao cargo de deputada federal.

O Barueri na Rede procurou a prefeitura por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), mas até o momento da publicação desta reportagem não obteve resposta.

 

- Publicidade -