Exposição reúne documentos históricos da Câmara de Barueri

173
- Publicidade -

Mostra tem livros de atas, áudios, objetos e equipamentos que contam a história do Legislativo da cidade

expoalto
Reginaldo: “A intenção é mostrar que a câmara é mais do que apenas uma casa legisladora”/Fotos: BnR

A Câmara de Barueri mantém até o fim do mês a exposição Documentos Além da Função Essencial, que reúne objetos, fotografias, impressos, gravações e documentos que contam a história do Legislativo barueriense. A mostra faz parte das comemorações do 69º aniversário da cidade, que será comemorado dia 26.

Segundo Reginaldo da Cruz Costa, coordenador da Comissão de Avaliação de Documentos da câmara, a ideia é mostrar que a Casa não tem apenas a função de legislar. “Essa é a visão geral, mas o legislativo tem outras atribuições não menos importantes”, explica ele. Entre elas, Reginaldo lembra a função constituinte, a de assessoramento ao Poder Executivo, a de gestão de recursos humanos, a orçamentária e a de instalação de governos, todas elas representadas nos documentos expostos para o público.

Um dos livros mostra a ata original de instalação da primeira turma de vereadores da cidade e também do primeiro prefeito, Nestor de Camargo, datada de 26 de março de 1949. Com o próprio celular, o visitante poderá ouvir o áudio da sessão solene da câmara de 26 de março de 1974, quando foi comemorado o jubileu de prata da cidade.

expoata
Ata da posse da primeira legislatura e do primeiro prefeito, em  26 de março de 1949

Entre os documentos estão livros de caixa, balancetes, registro de ponto dos funcionários de 1952 e registro de empregados de 1962. Há também coleções de gravadores que registraram as sessões antigas, máquinas fotográficas e de filmar.

Entre os documentos mais curiosos estão as declarações de bens dos vereadores. Em 1949, Arthur Veloso Almeida declarou possuir “animais bovinos e cavalares”. E em 1961, José de Souza Lima listou roupas, livros e até sua máquina de escrever.

A exposição está na biblioteca da câmara e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 9 às 17 horas, gratuitamente. Endereço: Alameda Wagih Salles Nemer, 200 – Centro.

- Publicidade -