Estação Carapicuíba terá posto de atendimento para vítimas de assédio

141
- Publicidade -

Espaço será inaugurado na sexta-feira, 13/3, e funcionará durante horário de operação da linha

A estação Carapicuíba, da linha 8-Diamante, contará com um posto de atendimento para mulheres vítimas de assédio sexual. O espaço será inaugurado pela CPTM na sexta-feira, 13/3, às 14 horas e funcionará durante o horário de funcionamento da linha.

O Espaço Acolher atenderá, em uma sala reservada dentro da estação, passageiras que tenham sofrido qualquer tipo de importunação sexual nas estações e trens da CPTM. O objetivo é oferecer acolhimento, privacidade e evitar constrangimento para as vítimas e testemunhas.

Além de Carapicuíba, o serviço estará disponível em outras sete paradas. Entre elas estão a estação Tamanduateí, da linha 10-Turquesa (desde 9/3); estação Pinheiros, da linha 9-Esmeralda (a partir de 11/3); e as estações Guaianases, Dom Bosco e Tatuapé, da linha11-Coral (a partir de 12/3).

O posto de atendimento faz parte do programa da CPTM Em Movimento por Elas, lançado no mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. A ação ainda fará a pesquisa Voz Feminina, para levantar dados sobre assédio no transporte público, o que direcionará campanhas de conscientização da companhia. A pesquisa será feita apenas por entrevistadoras mulheres, e na linha 8-Diamante será realizada na estação Palmeiras-Barra Funda na quarta-feira, 11/3.

Durante esta semana, o programa terá também ações de saúde, beleza e apresentações artísticas em outras linhas da malha ferroviária paulista. Confira a programação completa no site da CPTM (aqui).

- Publicidade -