Atendimento em cartório eleitoral leva até 10 horas

2330
- Publicidade -

Cartórios de Barueri recebem número recorde de eleitores com a proximidade do fim do prazo para tirar e transferir título

Quem precisa tirar o título de eleitor ou transferi-lo para Barueri com urgência vai ter trabalho para conseguir. O prazo para cadastramento e transferência termina dia 4 de maio e as filas nos cartórios eleitorais da cidade podem levar até dez horas.

O movimento nos anos eleitorais normalmente costuma ser muito grande por causa do prazo. O serviço de emissão de títulos novos e transferrências fica suspenso por seis meses. Este ano, após 4 de maio, só volta a atender em novembro. Desta vez, porém, há um agravante, pois muitas pessoas querem fazer o cadastramento biométrico que, no entanto, não é obrigatório no Estado de São Paulo.

Com isso, os cartórios têm tido um movimento muito acima do normal. No caso de Barueri, a situação mais grave é a do cartório da 368ª Zona Eleitoral, que atende parte do eleitorado do município e todos os eleitores de Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. Ali, têm sido atendidas, em média, 230 pessoas por dia.O outro cartório da cidade atende a 199ª Z.E.

Eleitores à espera de atendimento no cartório da 386ª Zona Eleitoral, na manhã de segunda, 25 de abril: fila de até dez horas/Fotos: BnR

Por causa do movimento, a Justiça Eleitoral determinou que todos os cartórios do Estado fizessem plantões no fim de semana passado (23 e 24 de abril). Nestes últimos dias de prazo, cada cartório barueriense abre um derterminado número de agendamentos para o dia seguinte e distribui 120 senhas todas as manhãs.

No caso da 368ª Zona, porém, como a procura é muito grande, normalmente as vagas de agendamento acabam rapidamente e a distribuição de senhas termina às 9 horas. “No domingo passado, uma pessoa pegou a última senha, a número 120, às 7 horas, e só foi atendida às 17h30”, conta Melissa Lacerda Terewedow, chefe do cartório da 386ª Zona.

[sam_ad id=”12″ codes=”true”]

 

Para quem precisa emitir ou transferir o título, ela recomenda que fique atenta ao site da Justiça Eleitoral para tentar um agendamento para o dia seguinte. Também é possível arriscar conseguir uma das 120 senhas da manhã. “Mas se a pessoa tem urgência e precisa ser atendida de qualquer maneira até o dia 4, o melhor a fazer é procurar o posto do Anhangabaú, que atende pessoas de qualquer lugar do Estado”, explica ela. O posto do Anhangabaú está com agendamentos abertos para o próximo fim de semana.

Melissa lembra que nos dias 2, 3 e 4 de maio, de segunda a quarta da próxima semana, não haverá agendamento e as pessoas serão atendidas por ordem de chegada de acordo com a capacidade de atendimento dos cartórios. Ela também insiste para que as pessoas que querem fazer apenas a biometria esperem a reabertura do serviço em novembro. “Se a pessoa vier e quiser fazer, nós fazemos, mas o ideal é que ela evite os próximos dias porque vai perder muitas horas para um serviço que ainda não é obrigatório.”

Posto do Anhangabaú

O Posto de Biometria Anhangabaú fica instalado em frente à estação de metrô. É a maior unidade da Justiça Eleitoral de São Paulo e atende em média mil pessoas por dia. O serviço recomenda que a pessoa agende horário antes de comparecer ao posto, mas quem for sem agendar pode ser atendido no mesmo dia, conforme disponibilidade de vagas.

Serviço:

Posto do Anhangabaú: Rua Dr. Falcão Filho, 121

Cartório da 199ª Zona Eleitoral:  Rua Doutor Paulo Arruda Baccarat, 140 – Jardim Camargos

Cartório da 386ª Zona Eleitoral: R. da Liberdade, 422 – Vila Boa Vista

[sam_ad id=”6″ codes=”true”]

- Publicidade -