Enel muda forma de leitura durante pandemia

90647
- Publicidade -

Cliente poderá fazer a auto-leitura ou o consumo será medido com base nos últimos 12 meses

Por: Caroline Rossetti

A Enel está alterando o modo de medição de consumo de energia, devido a pandemia do novo coronavírus. Com a mudança, o cliente poderá fazer a auto-leitura, por meio do aplicativo, do site ou da central de atendimento da distribuidora. No caso da não realização do procedimento, a fatura será calculada com a média dos últimos 12 meses.

O método foi anunciado pela Enel nesta sexta-feira, 3/4. O objetivo é reduzir o número de técnicos circulando pelas ruas, protegendo, assim, clientes e colaboradores neste período de avanço da Covid-19.

Como fazer a auto-leitura

O serviço da auto-leitura do medidor de energia está disponível para clientes residenciais e de pequenos comércios, durante a pandemia.

O processo poderá ser feito até dois dias antes do previsto para a leitura – a data pode ser consultada na conta do mês anterior. Por exemplo, se a próxima leitura será no dia 15/4, o cliente terá os dias 13, 14 e 15/4 para informar à Enel os números registrados no medidor.

Para isso, o consumidor deve fotografar os números que aparecem no medidor de energia e enviar a imagem para um dos canais digitais da Enel, o aplicativo para Android (aqui) ou IOS (aqui), e o site (aqui). Ou, ainda pelo call center (0800 7272 120), em que devem ser digitados os números registrados no medidor.

Média pelos últimos 12 meses

Os clientes que não conseguirem fazer a auto-leitura, ou que a data da medição já passou, terão a conta de energia calculada pela média de consumo dos últimos 12 meses. A alternativa foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no dia 24/3.

Neste caso, a diferença do valor faturado com a média com o que realmente foi consumido, será ajustada na conta quando a situação se normalizar e a leitura for retomada.

Desde a última semana, o BnR vem cobrando da Enel o que será feito com os leituristas que estão com o serviço de campo paralisado, mas, a empresa não se pronunciou sobre a questão.

Conta será enviada pelo correio ou poderá ser retirada no site

Apesar da suspensão dos leituristas, a Enel continuará entregando a conta aos clientes todos os meses, pelo correio ou por e-mail, para quem tem o cadastro para o recebimento digital.

A segunda via da fatura também pode ser retirada pelo site da distribuidora de energia. Para abrir a conta é necessário fornecer o número do CPF do titular e o número da instalação, além de um telefone fixo, celular ou e-mail cadastrado. O procedimento pode ser feito na Agência Virtual (neste link).

A Enel pontuou que todos os serviços essenciais, de manutenção da rede e de atendimento emergencial e comercial, estão mantidos.

Decisão da Aneel

No dia 24/3, a Aneel permitiu que a Enel emita a fatura das contas de energia por meio da média do consumo dos últimos 12 meses, sendo que a data de vencimento não será alterada. A medida vale para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Goiás.

Uma outra medida anunciada pela agência é de que a distribuidora não poderá cortar o fornecimento de energia elétrica das casas, tanto na zona urbana como rural, e dos serviços essenciais durante os próximos 90 dias, ou seja, três meses. A decisão não inclui indústrias, comércios e os clientes que cancelarem o débito automático ou outras formas de pagamento eletrônico.

A Enel alertou que os clientes que puderem continuar a manter as contas em dia, que continuem realizando o pagamento.

Medidas de combate ao coronavírus

A companhia afirmou que já vem adotando atitudes diante do avanço da Covid-19 no país. Como, alguns cuidados adicionais de higienização para os trabalhadores de campo, do call center e dos centros de controle.

Desde o dia 20/3, os atendimentos presenciais nas agências da Enel estão suspensos por tempo indeterminado, para evitar aglomeração e preservar funcionários e clientes. Os canais digitais continuam funcionando normalmente, 24 horas por dia (confira). Solicitação de cadastro de conta em débito automático, fatura por e-mail, segunda via, consulta de débitos e informações sobre falta de energia podem ser feitos por meio do Aplicativo Enel, disponível para Android e Iphone (aqui).

O atendimento ao cliente também está disponível pela página do Facebook (aqui) e Twitter (aqui), ou pela Central de Atendimento de São Paulo (0800 72 72 120).

- Publicidade -