Em Barueri, veja como proceder em caso de sintomas de Covid-19

2191
- Publicidade -

Pessoas com sintomas da doença podem procurar um dos PSs ou a UBS mais próxima, que estão com os pisos térreos dedicados ao atendimento de sintomáticos

Com o aumento exponencial de casos da Covid-19 na cidade, baruerienses têm questionado o BnR como proceder e onde devem se dirigir ao apresentarem os sintomas da doença.

Em Barueri, todas as 19 UBSs do município estão recebendo sintomáticos da Covid-19. Para isso, essas unidades têm dedicado o piso térreo para receber esses pacientes. O recomendado é que a pessoa vá até a UBS mais próxima para evitar grandes deslocamentos e se expor o menos possível ao vírus e, no caso de infectados, conter a transmissão. Para isso, vale ressaltar que o uso de máscara é imprescindível a todos que precisarem sair de casa, especialmente se a pessoa tiver sintomas.

Pessoas com sintomas mais graves, como síndrome respiratória aguda, recomenda-se que procurem algum Pronto Socorro da cidade, com exceção do Pronto Atendimento do Jardim Paulista, que passou a receber apenas pacientes encaminhados com suspeita ou confirmação de Covid-19 na semana passada (leia mais).

Ao Barueri na Rede, a prefeitura informou que o Hospital Municipal de Barueri (HMB) é “a unidade de referência a pacientes com suspeita ou confirmação de coronavírus”, mas que o hospital só recebe pacientes encaminhados das demais unidades de saúde do município, assim como o PS do Paulista, que foi fechado para esses atendimentos e possui apenas leitos intermediários.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam que pessoas com sintomas gripais leves evitem ir a qualquer unidade de saúde, para não se expor. Somente se tiver sintomas mais graves, como febre, tosse e falta de ar, que devem procurar um serviço de saúde.

Mas caso seja necessário, o paciente chega ao serviço de saúde, seja Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Pronto Socorro, passa por uma avaliação que determina se o caso é brando, ou seja, que pode continuar o tratamento em casa e com isolamento, ou se é um caso que necessite ficar em observação ou até internação. Em casos mais graves, essas pessoas são internadas e, dependendo da situação, precisam ser intubadas. Os testes são feitos em pacientes com síndrome respiratória grave.

Leitos disponíveis

Na semana passada, o BnR publicou reportagem sobre a capacidade de leitos ocupados no HMB (relembre). Segundo a prefeitura, o hospital estava com ocupação média de 66% da capacidade de cada tipo de leito.

O HMB dispõe de 289 leitos no total, sendo 28 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Diante da pandemia, outros 140 leitos do HMB foram destinados para Covid-19, sendo 103 intermediários e 37 críticos (UTI e semi-UTI).

Já o Pronto Atendimento do Jardim Paulista conta com 30 leitos intermediários para atendimentos a pacientes com coronavírus.

Como ficam os atendimentos convencionais

Os atendimentos convencionais de saúde para quem precisa tratar outras enfermidades continuam sendo feitos nos PSs. O HMB mantém o atendimento de pacientes com outras enfermidades em alas separadas.

Além disso, as UBSs também têm mantido atendimentos a pacientes prioritários no primeiro piso das unidades, como pré-natais, crianças até um ano e doentes crônicos descompensados.

Casos de Covid-19 em Barueri

Até esta segunda-feira, 4/5, Barueri registou a morte de 51 pessoas por Covid-19. Outras 22 mortes estão em investigação. Casos confirmados somam 555, enquanto internados são 110. Já pacientes em investigação que estão em isolamento são 1241. Confirmados e curados chegam a 242.

- Publicidade -