Desfile de escolas de samba de Barueri será sábado e domingo

828
- Publicidade -

Agremiações se apresentam em frente ao Ginásio José Corrêa. Evento terá praça de alimentação

O desfile das escolas de samba de Barueri será realizado no sábado e domingo, 22 e 23/2, em frente ao Ginásio José Corrêa. A concentração começa por volta das 15 horas e o desfile às 18 horas. A entrada é gratuita.

Organizado pela Liga Independente das Escolas de Samba, com o apoio estrutural da prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, o carnaval barueriense contará com oito escolas: Ganga, Cadência Paulista, Mocidade Marihá, Unidos do Belval, União das Vilas, Oba Oba, Verde e Rosa, e Engenho da Gente. Todas as agremiações terão 50 minutos regulamentares para concluir o desfile.

No sábado, 22/2, desfilam Ganga às 18 horas, cantando sobre o desmatamento na Amazônia; Cadência Paulista às 18h45, que homenageia São Jorge e a referência que ele tem em nossas vidas; Mocidade Marihá às 19h45, que prestará homenagem a uma menininha com deficiência física da comunidade; e Unidos do Belval às 20h45, que trará relatos de como era o bairro antigamente.

Já no domingo, 23/2, quem abre os desfiles é a União das Vilas às 18 horas, com uma homenagem a Adoniran Barbosa; seguida da Oba Oba às 18h45, que cantará sobre os 40 anos de história da própria escola; Verde e Rosa às 19h45, que contará a cultura do Brasil; e encerrando com a Engenho da Gente às 20h45, que terá o folclore brasileiro como tema.

“Todos os oito presidentes das escolas participantes estão engajados e dispostos a fazer um carnaval de qualidade. Vamos elevar o nosso patamar e fazer um desfile melhor do que foi visto nos anos anteriores”, afirma Kauê Santana, Diretor Geral de Comunicação e Marketing da Liga Independente das Escolas de Samba, ao Barueri na Rede. “O público pode esperar um desfile leve, animado e bem organizado”, completa.

Por uma decisão na Liga, neste ano ainda não haverá apuração pública. “Os critérios serão de punição para as escolas que não atenderem os pedidos mínimos da Liga, como pontualidade durante o desfile, quantidade de componentes, etc”, explica Kauê. “Pretendemos trazer essa emoção de apuração de volta em 2021. Quando tudo e todos estiverem adequados a essa cultura do carnaval novamente. É um plano da Liga”, conclui.

O evento ainda contará com praça de alimentação para atender aos foliões que assistirem aos desfiles, que serão realizados na avenida Guilherme Perereca Guglielmo, diante do ginásio José Correa, no centro.

- Publicidade -