Vazamento e mau cheiro de esgoto incomodam moradores no Engenho

582
- Publicidade -

A Sabesp já teria sido acionada, mas até o momento nada foi resolvido

Sabesp teria prometido realizar os serviços de manutenção da rede de esgoto em 48 horas/Foto: Arquivo pessoal

Moradores da Vila Engenho Novo têm sofrido com o vazamento de uma rede de esgotos na rua Zeca. O problema já persiste há quase um mês e, além do transbordamento da água suja, o mau cheiro teria tomado conta do bairro.

Desde o dia 20 de fevereiro, segundo os moradores, diversos pedidos de reparos já teriam sido feitos à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), mas até o momento seguem sem uma solução para o caso. “Na segunda-feira, 19/3, protocolei uma reclamação pessoalmente na Sabesp Barueri. Disseram que vão consertar o vazamento em até 48 horas”, relata um munícipe, que preferiu não ser identificado.

Ainda segundo ele, o problema tem prejudicado tarefas simples do dia a dia, como atravessar à rua, já que crianças e adultos precisam constantemente desviar da água parada. O incômodo também tem afetado um restaurante da região. “O mau cheiro fez com que os clientes se afastassem, as vendas caíram muito”, comenta a gerente do Ponto da Esfiha, Lidinalva Marques Santos.

Ao ser questionada sobre a situação da rua, a prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), informou que os serviços de manutenção da rede de esgotos do local é ‘realmente de responsabilidade da Sabesp’.

O Barueri na Rede também procurou a Sabesp, para falar sobre o caso, mas até o fechamento desta matéria a Companhia não respondeu.

- Publicidade -