Taxista é encontrado morto em posto de combustível no Alphaville

9682
- Publicidade -

Aldecir Albuquerque de Oliveira, de 52 anos, transportava no táxi um casal do Metrô Butantã com destino a Alphaville

Um taxista, de 52 anos, foi encontrado morto na madrugada desta sexta-feira, 6/3, em um posto de gasolina na alameda Araguaia, no Alphaville, provavelmente assassinado com tiros de arma de fogo. A Polícia Civil foi acionada durante um patrulhamento na região.

De acordo com os policiais, o chamado ocorreu por volta das 4h20, enquanto faziam um patrulhamento no bairro. Durante o percurso, a equipe foi avisada por um frentista de um posto de combustível que havia um veículo Nissan Versa parado no pátio do posto, e que o motorista estava desacordado.

O taxista era Aldecir Albuquerque de Oliveira, de 52 anos, que de acordo com a família, estava desaparecido desde a noite de quinta-feira, 5/3. Segundo disse um irmão da vítima ao portal R7, um casal que estava em frente à estação do Metrô Butantã, na zona Oeste de São Paulo, solicitou uma corrida ao taxista com destino a Alphaville por volta da meia-noite da quinta-feira.

Ainda de acordo com a polícia, o motorista foi visto pela última vez ao passar por uma praça de pedágio por volta de 0h30. No posto de gasolina, a equipe percebeu que havia um buraco no para-brisa dianteiro do veículo e a vítima, já sem vida, estava com ferimentos causados por arma de fogo.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou ao Barueri na Rede que foi realizada perícia no veículo e foram solicitados exames ao IML. O caso foi registrado como homicídio simples, no 2º DP de Barueri, no Alphaville.

- Publicidade -