Moradores temem nova queda de muro no Mutinga

626
- Publicidade -

Muro é o mesmo que caiu há dois anos e derrubou garagem do Conjunto Habitacional

“A água empoça aí e desce toda por trás do muro”, conta morador sobre parede da EM João Evangelista de Oliveira/Foto: Paulo Senna

Os moradores do Conjunto Habitacional do Jardim Mutinga, que fica na rua Mauro José da Silva Jangada, temem a queda de um muro no local. A preocupação ocorre devido as chuvas recorrentes na cidade. O muro em questão é o mesmo que caiu há dois anos (relembre).

Paulo Senna, morador do bairro que fez a denúncia há dois anos, conta que a prefeitura ergueu outro muro, mas que não corrigiram a origem que vem da EM João Evangelista de Oliveira, que fica acima dos prédios. “A água empoça aí, e desce toda por trás do muro”, afirma ao Barueri na Rede.

Foto: Paulo Senna

“A queda d’água que está vindo da escola está alagando toda a rua e condenando o muro que desabou há exatos 2 anos”, conta Paulo. Ele recorda que o muro caiu pela primeira vez no dia 6/3 de 2017 e derrubou a garagem do prédio, onde crianças se abrigavam devido à chuva. Na ocasião, uma criança sofreu ferimentos leves na perna.

“O muro está correndo risco de queda novamente assim como o muro da escola”, explica. “Toda essa água está invadindo também o bloco 3 e condenando o muro da viela que dá acesso à rua Abelardo Luz, onde é passagem de muitas crianças que vão para a escola João de Carvalho”, completa. “Esse mês de março as chuvas são muito intensas e a corrosão das terras estão acontecendo muito rápido”, conclui. 

O BnR procurou a prefeitura sobre o caso, que disse não ter recebido ou atendido nenhuma solicitação.

Outro caso

Na última segunda-feira, um muro caiu na rua Manoel Pereira da Silva, atrás da unidade da Petrobras, também no Mutinga. A situação expôs os riscos de deslizamento sobre conjunto residencial que fica no local. A queda aconteceu após o temporal de sábado, 2/3 (leia aqui).

Moradores contam que a Defesa Civil e a Guarda Municipal estiveram no local para observar a situação, mas que não houve nenhuma análise de risco ou tomada qualquer precaução. Somente uma notificação da Defesa Civil foi protocolada.

Os residentes afirmam que estão fazendo um abaixo-assinado para que seja tomada alguma atitude das autoridades.

Sobre este caso, o BnR a prefeitura informou que a Defesa Civil “constatou que não há risco de nova queda de muro no local e arredores”.

- Publicidade -