Furlan diz que há leitos para agora, mas não sabe como será daqui 15 dias

2040
- Publicidade -

HMB tem 20 leitos para isolamento e 20 que podem ser destinados a coronavírus. Prefeito anunciou mais 150

O Prefeito Rubens Furlan fez uma transmissão ao vivo na página da Prefeitura de Barueri no Facebook, no início da tarde desta sexta-feira, 20/3, relatando as novas recomendações da administração municipal quanto à pandemia do novo coronavírus. No vídeo, o prefeito diz que hoje, a cidade tem disponível leitos para casos da covid-19, mas que daqui alguns dias, não sabe como será a situação.

No início do vídeo, Furlan pede para que as pessoas levem a sério a pandemia de coronavírus e que evitem aglomerações. “Esse não é o momento de achar que não acontece, porque acontece. O que está acontecendo lá fora, está acontecendo no Brasil, em Barueri. Aqui na Prefeitura nós temos casos confirmados”, relatou o prefeito.

Furlan falou também sobre os próximos dias. “Imagina daqui 10, 15 dias. Eu não quero levar pânico a ninguém, mas peço prudência e cautela. Nesse momento, eu tenho estrutura para atender todos esses que estão contaminados, mas quero ver se daqui 15 dias vamos ter”, enfatiza o Prefeito.

Hoje, de acordo com informação veiculada pela administração municipal no site da Prefeitura, o Hospital Francisco Moran (HMB) garante a reserva de 20 leitos de isolamento para esse primeiro momento, e mais outros 20 que podem ser viabilizados de acordo com a necessidade. Na live, Furlan anunciou a criação de mais 150 leitos para suprir a demanda do combate ao vírus na cidade.

“Nossos profissionais estão em busca de equipamentos mas não acham para comprar. Ninguém estava preparado para isso, mas estamos tentando nos preparar ao máximo”, continuou Furlan no vídeo. “Além disso, há uma grande aglomeração no Sameb, e se for lá agora, tem gente contaminada que nem sabe que está contaminada”, alerta o prefeito.

O HMB realizou essa semana, nos dias 16 e 17/3, encontros entre a equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e colaboradores, para esclarecer dúvidas como a origem do vírus, uso de equipamentos de proteção individual e o fluxo de atendimento para o novo coronavírus. A administração municipal também ressaltou que a equipe responsável pelo acolhimento desses casos recebeu um treinamento específico.

De acordo com a Prefeitura, o HMB é um dos locais de referência para a realização de exames de confirmação do coronavírus, e por isso, os funcionários devem estar por dentro do processo de atendimento. Nas orientações da Prefeitura, o hospital recebe a solicitação do casos suspeitos e o paciente (já com máscara) entra na unidade, e é encaminhado para o setor responsável pelo caso.

Já na área isolada, é coletado material de exame do paciente, que recebe orientação para ficar em isolamento domiciliar até a chegada do resultado de exame. A Prefeitura afirma ainda que somente em situações consideradas graves, com idosos ou pessoas que apresentam alguma comorbilidade, existe a indicação para internação.

A administração municipal explica ainda que o departamento de hotelaria mantém atenção redobrada para o abastecimento de sabonete líquido e álcool em gel em todo o hospital, além da higienização da unidade, com foco em portas e maçanetas. Também está sendo feita a desinfecção dos corredores, elevador e leito destinados aos exames de pacientes com suspeita da covid-19.

- Publicidade -