Campanha de vacinação contra gripe começa na segunda-feira, 23/4

2786
- Publicidade -

Campanha nacional classifica as pessoas de acordo com cada grupo considerado de risco

A campanha nacional de vacinação contra a gripe do governo federal e da Organização Mundial da Saúde (OMS), começa  na próxima segunda-feira, 23/4, em todas as 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade. A dose aplicada é trivalente e protege contra três vírus da influenza: a A (H1N1), a A (H3N2) e a cepa tipo B.

As vacinas são oferecidas gratuitamente para crianças de seis meses a cinco anos, idosos, gestantes, trabalhadores da saúde, professores, indígenas e mulheres que deram à luz há no máximo 45 dias. Também serão vacinadas pessoas com doenças crônicas, população prisional e funcionários do sistema prisional, além de jovens e adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas.

As vacinas serão aplicadas em etapas, de acordo com os grupos de riscos. A partir do dia 23/4 serão vacinados os trabalhadores da área da saúde, indígenas e as pessoas com 60 anos ou mais de idade. A segunda etapa começa no dia 2/5, onde serão vacinadas crianças de seis meses a cinco anos de idade, gestantes e as mães em período de resguardo de até 45 dias. A última etapa de vacinação começa no dia 9/5 e será destinada a pacientes com comorbidades, professores e jovens e adolescentes de 12 a 21 anos, sob medidas socioeducativas.

Além das três etapas de vacinação adequadas para cada grupo, no sábado, 12/5, haverá o Dia D da vacinação, em todas as 16 UBSs do município, no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e também em postos volantes cujos locais ainda serão determinados.

Segundo recomendam os profissionais, é fundamental a divulgação das orientações para prevenção da influenza, que inclui

 – Ao tossir e espirrar, use a parte interna dos braços para tampar o rosto; 

– Utilize lenços descartáveis; 

– Evite locais com aglomeração; 

– Deixe o ar circular, mesmo no inverno e em dias frios; 

– Não se automedique;  

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, copos e pratos; 

– Procure um médico ou UBS diante de qualquer sintoma. 

 Em nota, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), a prefeitura afirmou que a  imunização foi adiantada devido à gripe do tipo influenza A (H1N1) ser sazonal e ocorrer com mais força no inverno. No ano passado, a cidade registrou cinco casos, enquanto em 2018, não houve nenhum registro.

- Publicidade -