Barueri está entre os trechos mais perigosos do Rodoanel

1029
- Publicidade -

Cidade perde apenas para os trechos de Perus e Osasco. Ao todo, de janeiro à novembro o Rodoanel registrou 2.454 acidentes

O Rodoanel Mario Covas, que interliga oito rodovias estaduais e duas federais, além de passar por 17 cidades, registrou um aumento de 15% no número de acidentes em 2019. Entre os trechos mais perigosos do anel rodoviário, Barueri ocupa a terceira colocação. Perus, na capital Paulista, está em primeiro lugar e Osasco em segundo.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Transportes, o trecho total do Rodoanel, de 134 km de extensão, registrou 2.454 acidentes de janeiro à novembro de 2019, 328 a mais que em 2018, quando o número era de 2.126 acidentes.

Acidente matou o motorista da carreta e uma mulher que dirigia um veículo de passeio/Fotos: Divulgação

Além do aumento no número de acidentes, houve um crescimento no número de mortes registradas no Rodoanel em 2019, que chegou a 37 vítimas, enquanto em 2018 foram registradas 29 mortes. O acidente com maior gravidade em 2019 ocorreu no último dia 16/12, em que uma carreta em alta velocidade despencou do Rodoanel e explodiu. O motorista do caminhão e uma mulher, que dirigia um veículo de passeio, morreram.

Já as multas em toda a extensão do Rodoanel foram um total de 247.877 mil em 2019, um número superior ao ano de 2018, que registrou 216.081 mil. Só em multas por uso de celular ao volante, a Polícia Rodoviária autuou mais de 4.300 motoristas.

- Publicidade -