Ações contra assaltos na Castello são intensificadas pela Polícia Rodoviária

976

No início da semana, um vídeo que circula nas redes sociais flagrou jovens atirando pedras em veículos na rodovia na tentativa de assalta-los

No início da semana, começou a circular nas Redes Sociais, um vídeo em que dois homens aparecem atirando pedras em veículos que circulavam na rodovia Castello Branco, no km 16, sentido interior, na altura do município de Osasco. Após a equipe do 5° Batalhão de Polícia Rodoviária ter acesso ao vídeo, as ações contra assaltos na via foram intensificadas.

No vídeo, gravado por um motorista, é possível ver os suspeitos em uma área mais alta em relação à pista, em um local que é restrito para pedestres. A intensão dos bandidos ao lançar as pedras é de que o motorista pare no acostamento para analisar os danos no veículo. Assim, outros suspeitos associados ao grupo aproveitam para praticar os assaltos na rodovia.

No fim de 2019, outros casos semelhantes foram registrados na Castello Branco pelo Barueri na Rede (relembre). Após os registros, ainda em dezembro, a Polícia Rodoviária já tinha aumentado as ações contra assaltos na via, e a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) afirmou estar apoio ao policiamento e obedecendo as normas do contrato e concessão, que visa contribuir para a segurança na rodovia. (veja)

Em relação ao flagrante recente, os agentes rodoviários informaram que é importante ressaltar que, mesmo com a gravação do vídeo, não houve o acionamento via o número de denúncia 190, o que nestes casos, dificulta a ação imediata e repressiva da polícia. Outro fato, é que o Policiamento Rodoviário está intensificando as ações contra assaltos no trecho da Castello Branco, por meio de viaturas de patrulhamento, equipes de policiamento com motocicletas (ROCAM) e equipes do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), que são integrados ao Policiamento Territorial Urbano.

Em nota enviada ao BnR, o 5° Batalhão de Polícia Rodoviária também afirma que, os últimos acontecimentos na rodovia já foram levados ao conhecimento da CCR – Via Oeste, que administra a via, e que já foi solicitado à concessionária medidas com urgência.

Entre as medidas solicitadas enviadas em nota estão: efetuar a limpeza/remoção de objetos que estão depositados nos canteiros centrais e laterais, compreendendo toda a faixa de domínio, como pedras, galhos e entulho de obras; executar a poda da vegetação/mato; manutenção na iluminação pública da rodovia; intensificar viaturas de rotas de inspeção para apoio aos usuários neste segmento; colocação de grades que impeçam o acesso à pista e vice-versa, visando à redução de atropelamentos e da prática de crimes contra o patrimônio; colocação de grades ou outros obstáculos que impeçam o acesso e circulação de pessoas ou animais à faixa elevada que margeia o topo do talude de arrimo onde foram observados os indivíduos.

Considerando que parte da área, mais interna, é limítrofe à circunscrição da municipalidade, semelhante pedido será endereçado à Prefeitura de Osasco, para que adote as medidas de estilo na área sob sua respectiva responsabilidade.

Questionada pelo BnR sobre as medidas para acabar com os casos de assaltos na rodovia Castello Branco, a CCR, enviou uma nota dizendo que “a concessionária está dando todo o apoio necessário ao policiamento, respeitando as normas estabelecidas no contrato de concessão, para contribuir com a segurança dos usuários da rodovia Castello Branco”.

Um dos suspeitos de atirar pedras na rodovia Castello Branco, altura do Km 13, no Rochdale, em Osasco, foi preso em flagrante nesta quinta-feira, 16/1, por Policiais Civis do 3º DP de Osasco.

Já a Polícia Rodoviária alerta que em caso de emergência, os motoristas devem acionar a Polícia Militar mais próxima ou ligar no número 190.