Casos de covid-19 continuam crescendo em Barueri

4003
- Publicidade -

Boletim recente aponta aumento em todos os números. São 474 em investigação, 44 em internação – sendo 16 em UTIs , 16 mortes suspeitas, 29 descartados e 9 confirmados

Os números de todos os medidores do avanço da covid-19 na população de Barueri não para de crescer. No boletim divulgado pela prefeitura municipal no fim da tarde desta quarta-feira, 1/4 os dados revelaram um aumento de casos investigados, confirmados, internados e mortes suspeitas.

Do dia 30/3 à 1º/4, foram registradas mais duas mortes com sintomas de covid-19 – em dois dias o número de moradores mortos aguardando resultados de exames laboratoriais foi de 14 para 16 – mais um caso já confirmado por exames laboratoriais.

Nesse mesmo período, os números de pessoas sintomáticas de covid-19 também aumentaram. Das 44 internações de pacientes com problemas relacionados ao novo coronavírus, 16 estão em UTIs e 28 em internação fora de unidade intensivas – todos eles aguardando confirmação no HMB. No dia 30/3 os dados eram, respectivamente, de 34 internações, sendo desses 12 em UTIs.

No total, o número de baruerienses contagiados com o covid-19, subiu, em dois dias, de 6 para 9 – confirmados por exames laboratoriais. Já as pessoas que estão em isolamento aguardando resultado, aumentou 42 casos em 48 horas – quase uma pessoa apresentando sintomas do novo coronavírus a cada hora.

Os casos descartados, segundo os dados, passou de 28 para 29. As autoridades do governo estadual, entre elas o secretário estadual de Saúde, José Henrique Gernann, anunciaram na tarde desta quarta-feira, que os números de pessoas contaminadas pelo covid-19 pode ser muito maior que os registrados e o mesmo se aplica às mortes suspeitas.

Esse alerta deve-se à sobrecarga na demanda de exames no Instituto Adolf Lutz, que, com capacidade de processar 1.200 análises por dia, já tem 16 mil casos suspeitos na fila de espera – e esses números crescem diariamente.

 

 

 

- Publicidade -