Campeonato Municipal de Futebol começa neste domingo, 20/5

1600

Com mudança na fórmula de disputa equipes apostam em campeonato mais competitivo

dsc_1300
Ceará mantém a base, se reforça e vem forte em busca do bicampeonato. Fotos: Mário Trujillo

Começa neste domingo, 20/5, a edição 2018 do Campeonato Amador de Futebol de Barueri. Serão disputados cinco jogos nos campos do CT da Vila Porto, no Jardim Maria Helena e no Jardim Silveira. O Ceará, atual campeão, inicia a defesa do título contra o Comunidade Vale do Sol, às 13h30, no Maria Helena. No mesmo local, às 11 horas, tem o clássico da Aldeia de Barueri entre Argentino Jrs e Noroeste. Completam a rodada Seringueira X Petrolina, ABC Califórnia X Du Bar e Classe A X GR Olga.

Ao contrário dos anos anteriores, quando a primeira fase era jogada no sistema do todos contra todos, em 2018 as doze equipes da elite foram divididas em duas chaves e os jogos serão apenas entre equipes de chaves diferentes. Essa mudança reduz o campeonato de onze para seis rodadas na fase de classificação. A tabela, já prevendo folgas no feriadão de Corpus Christi e no 17/6, quando o Brasil joga pela Copa do Mundo, tem previsão de acabar no dia 8/7.

Classificam-se para as quartas de final os oito melhores colocados, independente das chaves. Veja como ficaram formadas as chaves.

chaves2

Clubes aprovam a mudança

O Barueri na Rede conversou com dirigentes dos quatro semifinalistas de 2017, e ouviu que, no geral, a mudança agradou a todos.

Leandrinho do Argentino Jrs e Zinho do Ceará afirmaram que, apesar de não terem participado do processo que decidiu pela alteração, acreditam a disputa será mais acirrada com menos jogos. “A formula antiga, com onze rodadas e muitos adiamentos, deixava o campeonato muito cansativo”, diz Leandrinho. Já Zinho cita a redução de custos como um dos fatores positivos da mudança.

Para Buiu, do Petrolina, a pouca quantidade de jogos obriga as equipes a uma maior preocupação com as rodadas iniciais. “No formato antigo a equipe que começasse mal tinha muitas rodadas pra se recuperar. Agora quem tropeçar duas vezes corre o risco de ficar fora da disputa”, ponderou Buiu,

Dô, diretor do Ganga, disse que a equipe do Jardim do Paraíso foi uma das que reivindicaram a mudança em nome de maior competitividade.

Preparação para 2018

O BnR também questionou como os quatro melhores de 2017 se prepararam para o campeonato que se inicia.

O Ceará manteve a equipe titular, que conquistou o título, com Buba, Camarão, Edgar, Moisés, etc, e ainda trouxe de volta William Leandro, que jogou pelo Maringá na temporada passada. Zinho contou que vários campeões dos Juniores em 2016 foram incorporados ao elenco, que agora será dirigido em campo por Biro, ex-atleta da equipe.

dsc_1166
Messi continua no Ganga em 2018

Para buscar seu quinto troféu, o Ganga também manteve o time base dos anos anteriores, com Nilmar, Willy, Birão, Monstrinho, Felipe e Cia, e ainda trouxe de volta o zagueiro Lucas e o atacante Keké, além das novidades Leandro Índio e Vitinho, esse último vindo do Comunidade.

Já o Petrolina perdeu jogadores importantes, os irmão Geninho e Dedé e os zagueiros Douglas e Martinho, que voltou para o Comunidade Vale do Sol. Para compensar trouxe o meia Bruninho, que já jogou profissional, o zagueiro Alê e o atacante Renato.

Leandrinho disse que o time alviceleste vem bem mudado, resultado da derrota na semifinal do ano passado para o Ganga. Além de mudanças na direção da equipe, o Argentino adotou a filosofia de priorizar jogadores da Aldeia de Barueri. Como exemplo dessa linha uma das novidade é o meia Buião. O técnico Léo, que havia saído no final do ano, volta agora para o início de campeonato.

Primeira rodada

Veja no quadro a primeira rodada, lembrando que o jogo entre Ganga e Pindorama, que seria realizado na manhã de domingo no CT da Vila Porto, foi adiado para após a última rodada da classificação. O motivo do adiamento é a utilização do campo pelas categorias de base do Oeste.

jogos-primeira-rodada2