Cai número de acidentes graves nas marginais

75
- Publicidade -

Entre janeiro e novembro de 2015 houve redução de 34,8% no número de desastes. Queda foi maior com a diminuição dos limites de velocidade

Segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o número de acidentes graves caiu 34,8% entre janeiro e novembro de 2015 nas marginais Tietê e Pinheiros, na comparação com o mesmo período do ano anterior. A queda no número de registros foi mais acentuada a partir de agosto, depois que entraram em vigor os novos limites de velocidade das duas vias.

marginal3

Desde 20 de julho, por decisão da prefeitura da capital, a velocidade permitida nas marginais foi reduzida de 90 km/h para 70km/h nas pistas expressas; de 70 km/h para 60 km/h nas faixas centrais; e de 70 km/h para 50 km/h nas pistas locais.

Segundo números divulgados pela prefeitura de São Paulo, nos primeiros onze meses de 2015 houve 1.165 acidentes graves (atropelamentos, choques com mortos ou feridos e ocorrências envolvendo cargas ou produtos perigosos) nas avenidas, enquanto em 2014 haviam sido 1.788.

A marginal Pinheiros registrou redução um pouco maior no período analisado, de 37,9%, baixando de 928 casos em 2014 para 576 no ano passado. Já na Tietê o número desceu de 860 ocorrências para 589 na mesma base de comparação, o que representa 31,5% a menos.

Fonte: Prefeitura de São Paulo
Fonte: Prefeitura de São Paulo

Após a redução

Se analisado apenas o período posterior à entrada em vigor dos novos limites, ou seja, entre agosto e novembro de ambos os anos, a queda é ainda maior, de 41,2% na marginal Pinheiros e de 40,7% na Tietê.

Os quatro meses anteriores à restrição de velocidade já apontavam redução no número de acidentes graves, mas em ritmo menos acentuado.

O site do Agora ouviu motoristas que usam diariamente as marginais e pessoas que trabalham nela. Os entrevistados relataram ter percebido a redução no número de acidentes após a diminuição dos limites de velocidade.

- Publicidade -