Barueri recebeu R$ 10 milhões em repasse de pedágio em 2019

2499
- Publicidade -

Valor foi revertido ao município, que tem direito por ser cortado pela Castelo Branco e Rodoanel

Barueri recebeu em 2019 um montante de R$ 10 milhões em repasse de imposto sobre pedágio do Rodovia Castelo Branco e do Rodoanel Mário Covas. O acumulado foi divulgado pelo grupo CCR, que administra as vias que passam pela cidade.

De acordo com a concessionária, o repasse do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) é feito todos os meses e é proporcional à extensão das rodovias Castelo Branco, Raposo Tavares e Rodoanel (trecho oeste) dentro de cada município que é cortado por elas.

No trecho oeste do Rodoanel, sete cidades recebem o recurso da CCR RodoAnel, totalizando R$ 13,9 milhões no ano passado. Já o Sistema Castello-Raposo abrange 16 cidades, que foram beneficiadas com R$ 52 milhões em 2019 entregues pela CCR ViaOeste.

Barueri ficou com R$ 10 milhões em repasses durante 2019, sendo que R$ 7,6 milhões vieram da Castelo Branco e R$ 2,4 milhões do Rodoanel. Na região, também foram beneficiadas as cidades de Osasco, com R$ 7,9 milhões (R$ 4,4 milhões da ViaOeste e R$ 3,5 milhões do Rodoanel); Itapevi, com R$ 3,6 milhões da ViaOeste; Santana de Parnaíba, com R$ 3,496 milhões (R$ 3,4 milhões da ViaOeste e R$ 96 mil do Rodoanel); Cotia, com R$ 1,542 milhão (R$ 342 mil da ViaOeste e R$ 1,2 milhão do Rodoanel); Carapicuíba, com R$ 1,4 milhão do Rodoanel; e Jandira, com R$ 456 mil da ViaOeste.

- Publicidade -