Barueri encara campeãs nacionais e perde do tie-break

262
- Publicidade -

Time de Zé Roberto chegou a fazer 2 sets a 0 no Rio de Janeiro mas sofreu a virada

 

voleirj1
O Barueri/Hinode enfrentou as atuais campeões de igual para igual/Fotos: CBV

O Barueri/Hinode foi ao Rio de Janeiro na sexta-feira, 20/10, enfrentar o poderoso Sesc, atual campeão brasileiro dirigido pelo técnico Bernardinho e apontado como favorito para vencer a competição. O jogo valia pela segunda rodada da Superliga Feminina de vôlei e as comandadas de Zé Roberto Guimarães tiveram uma grande atuação, enfrentaram as adversárias em condições de igualdade e chegaram a abrir 2 sets a 0. Acabaram sofrendo a virada, mas os marcadores dos cinco sets mostram bem o que foi o jogo: 24/26, 23/25, 25/22, 25/23 e 15/12.

O Sesc/Rio de Janeiro esteve à frente durante quase todo o primeiro set. Quando a parcial caminhava para o fim com vitória do time da casa, Zé Roberto colocou Jaqueline em quadra e a equipe reagiu, conseguindo fechar o set em ponto de Edinara.

No segundo set, o Barueri/Hinode começou com tudo e foi se distanciando no placar. Chegou a abrir cinco pontos, mas o Rio de Janeiro se arrumou em quadra e encostou. O período foi decidido num ponto de Suelle.

O terceiro set foi marcado por viradas no placar. Barueri saiu na frente, o Sesc deu a volta, o time de Zé Roberto reagiu mas no fim as cariocas conseguiram fechar. O quarto set foi inicialmente dominado pelo Barueri, mas o Rio de Janeiro virou e conseguiu levar a vantagem até o fim.

Com o empate conseguido após estar perdendo por 2 a 0, a torcida do Sesc pôs fogo no jogo e empurrou o time no tie-break até a vitória.

Com um ponto ganho em duas partidas, o Barueri ocupa a nona classificação da Superliga. Mas isso se deve ao fato de a tabela ter marcado os dois primeiros jogos contra duas das equipes favoritas ao título, o Osasco/Nestlé e o Sesc/Rio de Janeiro.

A próxima partida do Hinode será na sexta-feira, 27/10, contra o Sesi em Santo André. A equipe só volta a jogar em Barueri pela quarta rodada, dia 2/11, quando recebe o Renata Valinhos no ginásio José Correa.

- Publicidade -