Barueri é laboratório da energia elétrica do futuro

1773

Projeto de R$ 75 milhões da Eletropaulo tem previsão de modernização de toda rede elétrica da cidade até o fim de 2017

barualphaAté o fim deste ano, a cidade de Barueri será a primeira na Região Metropolitana a ter instalado o programa de energia elétrica inteligente da AES Eletropaulo. A implantação do chamado Smart Grid no município servirá como projeto-piloto para posterior disseminação do serviço para outras cidades atendidas pela companhia elétrica.

A ‘rede inteligente’ Smart Grid, que começou a ser instalada em 2013, pretende modernizar a distribuição de energia em Barueri e, entre as facilidades, deve possibilitar que o consumidor veja em tempo real o quanto já gastou de energia no mês – o que no futuro trará à operadora a chance de pôr em prática a tarifação pré-paga.

Barueri foi escolhida para encabeçar o projeto por apresentar um perfil diversificado de consumidores, contando com áreas industriais, comerciais e residenciais, além de equipamentos na malha elétrica que facilitam a montagem das redes inteligentes.

O processo de instalação do sistema de energia elétrica inteligente tem previsão de conclusão para 2019 com um custo estimado em R$75 milhões, totalmente pagos pela Eletropaulo, mas ainda este ano o projeto prevê fazer a troca de todos os medidores de energia por relógios digitais.

Segundo a companhia, o consumidor terá vantagens ao fim do mês, uma vez que o Smart Grid o ajudará com a administração e possível economia de energia, como a possibilidade de, no caso de o imóvel ter placas solares, direcionar o excesso de energia gerado e não consumido para a rede, o que garantiria um controle de gastos mais eficiente. Por parte da operadora, o sistema trará mais agilidade em detectar possíveis falhas na distribuição de eletricidade.