Bandeira vermelha deixa conta de luz mais cara em agosto

262

Aumento começa a valer a partir desta quinta-feira, 1º/8. A cada 100 quilowatts-hora consumidos, haverá adição de R$ 4

A conta de luz fica mais cara em todo o país a partir desta quinta-feira, 1º/8. O anúncio do adicional de Bandeira Vermelha – Patamar 1 na cobrança foi feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Durante este mês de agosto, serão cobrados R$ 4 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Até julho, a bandeira vigente era a amarela, com acréscimo de R$ 1,50 por 100 kWh. A Aneel afirma que o aumento é devido a agosto ser um mês tipicamente seco e que, com previsão de chuva abaixo da média, o nível dos reservatórios de água pode ser afetado.

O sistema de bandeiras tarifárias foi implantado em 2015 para indicar para o consumidor o custo da energia gerada, incentivando o uso correto do recurso. A partir de então, as contas de luz vêm com a indicação de bandeira na cor verde, amarela, vermelha um ou dois, com adicional de até R$ 6 a cada 100 kWh.

No mês passado, o estado de São Paulo, o que inclui Barueri, já enfrentou um aumento no valor da distribuição de energia de 6,48% para casas e pequenos comércios, e 8,46% para grandes empresas e indústrias. O reajuste é aplicado a cada quatro anos (saiba mais).