Arena ganha 3 “estrelas” em avaliação de estádios

112
- Publicidade -

Em trabalho do Ministério do Esporte, Arena ficou na mesma faixa de avaliação de estádios tradicionais como Vila Belmiro e Pacaembu

arena4

O Ministério do Esporte publicou na última quinta-feira, 28/1, o Sistema Brasileiro de Classificação de Estádios (Sisbrace), um guia com o objetivo de classificar os estádios do país nos quesitos de conforto, segurança, acessibilidade e condições sanitárias e de higiene. Ao todo, foram vistoriados 155 estádios em 129 cidades.

Nas avaliações, foi atribuído um determinado número de “bolas” de um a cinco, como nas estrelas para hotéis, dependendo das condições de cada estádio, após visitas técnicas. Na classificação geral, a Arena Barueri recebeu três bolas, igualando-se a estádios tradicionais como o Pacaembu e Vila Belmiro.

estadios tabela

Segundo o Guia de Classificação dos Estádios, o objetivo não é criar um ranking de estádios, mas, sim, elaborar uma ferramenta para identificação de deficiências, visando a melhoria contínua.
Diferentemente do que alguns veículos divulgaram, a Arena Barueri não está na 48ª posição do ranking, que não existe. Ela apenas é apresentada nessa posição numa lista que traz os estádios em ordem alfabética (o nome usado é Dr. Orlando Batista Novelli – Arena Barueri). Na verdade, apenas 16 arenas receberam quatro ou cinco bolas na avaliação.

estadios tabela2

Os estádios que receberam cinco bolas são 11 dos que foram construídos ou reformados para a Copa e mais as casas do Palmeiras e Grêmio: Allianz Park, Arena Corinthians, Arena da Amazônia, Arena do Grêmio, Arena Pernambuco, Magalhães Pinto (Mineirão), Plácido Castelo (Castelão), Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada), Mário Filho (Maracanã), José Pinheiro Borda (Arena Beira-Rio), Marinho Chagas (Arena das Dunas), Estádio Nacional Mané Garrincha e Octávio Mangabeira (Arena Fonte Nova). Receberam quatro bolas os estádios Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi) e Roberto Santos (Pituaçu, Salvador) e a Arena Pantanal.

O estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi) aparece no relatório com duas informações conflitantes, com cinco bolas na classificação geral e quatro bolas na classificação por área. Entretanto, o Ministério corrigiu posteriormente a informação no site (não no relatório exibido) colocando o estádio com quatro bolas.

A avaliação dos 155 estádios durou dois anos e uma nova etapa deve ser iniciada em 2016, quando serão classificados outros 140 estádios. Cada avaliação é válida por três anos, mas a avaliação pode ser refeita mediante solicitação dos responsáveis pelo estádio após a realização de melhorias.

Veja a classificação completa:

http://www.esporte.gov.br/arquivos/snfut/Sisbrace/SISBRACE_LIVRETO.pdf

- Publicidade -