Alarme de empresa desativada não deixa moradores do Belval dormir

2212

Prefeitura diz que vai analisar o caso para tentar resolver o problema em 15 dias úteis

Moradores do Jardim Belval têm se queixado do alarme de um galpão desativado, que fica na rua Professor João Vila Lobo Quero, na altura do 1650, próximo da Arena Barueri. Os relatos são de que, há uma semana, a sirene dispara todos os dias de uma em uma hora, inclusive de madrugada.

“O alarme é insuportável, os vizinhos não estão mais conseguindo dormir com o barulho. Isso tem que ser resolvido imediatamente”, contou uma moradora do entorno ao Barueri na Rede. Ela conta que a sirene toca há muito tempo, mas, há uma semana está descontrolada e dispara todos os dias a cada uma hora. Segundo a leitora, o som pode ser escutado a mais de 600 metros do galpão, na rua Presidente Nilo Peçanha.

Em maio de 2017, o Google Maps registrou a empresa já desativada/Foto: Google Maps

Uma reclamação na Ouvidoria do município já foi aberta para que o problema seja resolvido. Aos moradores, a prefeitura afirmou que o caso será analisado pelas secretarias de Segurança, por causa da perturbação do sossego causada pelo ruído, e de Indústria e Comércio, para verificar a procedência do espaço e o respectivo dono. O prazo que foi dado para uma solução foi de 15 dias úteis.

Em frente ao local, não há o nome da empresa que, um dia, ocupou o galpão. Mesmo com uma aparência de abandono, nesta quarta-feira, 20/2, vizinhos viram um homem carpindo o terreno.