Ah, tá!!! 16ª cidade mais rica

1182
- Publicidade -

Então, o BnR publicou outro dia que Barueri é a 16ª cidade mais rica do Brasil. Aí, eu fiquei pensando no busão lotado, que demorou uma cara pra chegar, “rica pra quem, parça?”. Pra nós lá do Camargos é que não é.
Lá onde eu moro a luz da rua vive apagada, o lixeiro passa um dia e não passa outro, tem tanto entulho que eu fico pensando quanta casa os manos derrubam e reformam. Devia ser tudo novinho, não é não?, mas é aquela desgraça que a gente conhece, cartão postal do fim de mundo.
Mas aí, voltando pra tal riqueza, e ainda no busão lotado, onde é que está a minha parte no bolo? Meu, não vou nem falar de saúde porque já deu. O tema é ficar saudável, porque se precisar, moiou (depois eu falo do meu jeito de escrever, porque teve uma resenha aqui com os tiozinhos aqui do site e a gente chegou num acerto). Mas eu estava dizendo, se você depender do sistema de saúde, parça, já era, vai se acostumando com a dor.
Aí, tem umas escolas da hora, mas não dá pra todo mundo. Não falo pra mim que já nem estudo mais, mas pra molecada mesmo, uns têm, outros não têm, e é cheio de boato de que tem uns esquemas pra poder entrar. Bom, se tudo que é esquema que falam for verdade, eu sou a única trouxa por aqui.
Mas você vai pensando… prefeitura tem um monte de funcionário enganando, eu mesmo tenho uma prima e um tio nessa situação… e apesar de tanto funcionário, contratam outro monte de empresas pra fazer o trampo que devia ser feito por aqueles funcionários que não fazem nada… aí, umas obras esquisitas que os manos fazem e refazem, e fazem de novo, e no fim fica a mesma merda de antes.
Quer dizer, a cidade é rica, mas a gente não ganha quase nada com isso. Era pra ter umas puta escolas, uma saúde tipo sem fila pra consulta, exame rapidinho, tratamento no esquema, operação antes da gente morrer. Transporte legal, sem esse porra desse busão lotado, e ruim, e demorado. E lazer da hora, cultura, segurança. Mas a realidade é isso aí que sobra pra gente. E você, sai por aí vomitando seu orgulho de ser da 16ª cidade mais rica do Brasil. Parabéns, trouxa.

Gírias e palavrões

Quando o pessoal aqui do BnR me convidou pra escrever sobre o jeito que eu vejo a cidade, logo topei e mandei esse texto pra eles. Aí, disseram a coisa que eu mais tenho bronca, que ia ter umas regras. Tô fora de regras. Mas escutei. Primeiro, que não podia palavrão. Falei que não dava. Debatemos e no fim não ficou nada resolvido. Mas vamo que vamo, vou baixar um pouco a bola. Também falaram sobre gírias, pra maneirar e tals. Falei, vamos vendo. Então os tiozinhos disseram pra tentar escrever direitinho. Ia concordando, mas quando mandaram botar plural, aí não deu. Tem coisa que no plural não rola. Quero dizer “os mano ficaro lokão” e tem que mudar pra “os manos ficaram loucões”. Sem chance, muito frouxo, ninguém vai levar a sério. Falei que ia ver o que dava pra fazer e assim terminou a resenha e eu tô aqui. Valeu.

- Publicidade -